BUSCAR
BUSCAR
Opinião
“Rogério Marinho não se elege mais nem para vereador”, diz Lucena
Vereador de Natal pelo PT ironizou possível candidatura do ex-deputado do PSDB a governador em 2022
Redação
16/01/2020 | 03:46

O vereador de Natal Fernando Lucena (PT) ironizou as especulações em torno de uma possível pré-candidatura do secretário de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho (PSDB), ao governo do Estado em 2022, como candidato do presidente Jair Bolsonaro, contra a atual governadora, Fátima Bezerra (PT).

Segundo Lucena, a atuação de Rogério nas impopulares reformas da Previdência e Trabalhista e à frente da Secretaria de Trabalho e Previdência inviabiliza qualquer candidatura do tucano no Estado.

“Não imagino que algum doido vote numa chapa dessas”, disse, numa referência a Rogério candidato a governador com apoio de Bolsonaro e de lideranças políticas norte-rio-grandenses como os ex-senadores Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino (DEM). “Como alguém vota no cara da reforma trabalhista? Como alguém vota no cara da reforma da Previdência? Como alguém vota no cara da fila da morte?”, questiona, se referindo à responsabilidade de Rogério, como secretário, em relação às filas do INSS.

“Rogério pode até arranjar uma lavagem de roupa lá para as bandas de São Paulo, onde o povo vota em surubeiro”, ironizou, se referindo ao governador de São Paulo, João Dória, que chegou a ser apontado como personagem de um vídeo em que aparece fazendo sexo com várias mulheres – vídeo este desmentido pela assessoria do governador ainda na época da campanha.

Rogério Marinho tem sido apontado como um dos políticos que estariam se credenciando para disputar o governo do Estado em 2022. Principalmente devido à falta de lideranças políticas estaduais cacifadas para a próxima disputa estadual. O tucano seria o candidato de Bolsonaro, com apoio de Alves e Maias, do setor produtivo e de setores da impressa potiguar.

Heroína e eleições
Ao avaliar a gestão estadual, Fernando Lucena afirmou que a governadora “Fátima Bezerra é uma heroína por conseguir governar um estado do jeito que ela encontrou, de cabeça para baixo, folhas de pessoal atrasadas, não pagando a ninguém”. Ele destacou que a chefe do Executivo estadual, mesmo com as dificuldades, pagou o décimo terceiro salário. “Eu não esperava tanto dela, e ela está conseguindo mesmo com um federal jogando contra”.

Sobre as eleições para prefeito de Natal, Lucena diz que o PT irá se reunir para discutir apenas após o Carnaval, mas considera que, com a negativa da deputada federal Natália Bonavides de participar do pleito, a legenda deverá apresentar como pré-candidato o médico Alexendre Motta. “Estamos fazendo o debate interno e, a partir de fevereiro, depois do Carnaval, vamos sentar e discutir”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.