BUSCAR
BUSCAR
Meio ambiente
Robinson Faria assina decreto criando a APA de Dunas do Rosado
A 250 km de Natal, maior conjunto de dunas do estado, com altíssimo potencial turístico, já serviu de cenário para produções nacionais como o filme filme ‘Maria, mãe do filho de Deus'
Redação
22/02/2018 | 14:38

Com 16 mil hectares de extensão, cenário de locações para o cinema e a televisão, Dunas do Rosado são oficialmente Área de Proteção Ambiental. O Governador Robinson Faria assinou nesta quinta-feira, 21, o decreto para a criação APA, já avisando que o próximo local será Carnaubais.

No extremo norte do Rio Grande do Norte, entre Areia Branca e Porto do Mangue, as Dunas do Rosado são uma sequência de montanhas coloridas, formadas pelos sedimentos de falésias vizinhas, trazidos pelos ventos constantes.

A 250 km de Natal, é o maior conjunto de dunas do estado, com altíssimo potencial turístico e já serviu de cenário para produções nacionais como as novelas ‘Flor do Caribe’ e ‘O Clone’, e para o filme ‘Maria, mãe do filho de Deus’.

Ao assinar o decreto, na sede do Instituto de Defesa do Meio Ambiente (Idema), o governador disse que a criação de mais essa área de proteção, além de se alinhar à política de preservação do estado, produz um importante ativo para o turismo do estado.

Segundo o diretor-geral do Idema, Rondinelle Silva Oliveira, nomeado por Robinson ao assumir o cargo, em 2015, hoje o meio ambiente é praticamente um sócio majoritário do turismo potiguar.

“O turista vem para cá não por outro motivo do que se maravilhar com as nossas belezas naturais e, ao conservá-las, estamos ajudando a desenvolver o turismo e seus 55 segmentos econômicos”, lembrou Rondinelli.

Localizada no Polo Costa Branca com território distribuído entre os municípios de Areia Branca e Porto do Mangue, Dunas do Rosado abriga biomas da caatinga, campos dunares, tabuleiros costeiros e estuários, em um cenário paradisíaco.

Ao antecipar que a próxima APA será Carnaubais, o governador lembrou que as Unidades de Conservação, além de conservar os ecossistemas e a biodiversidade, geram renda, emprego, desenvolvimento e trazem melhoria na qualidade de vida das comunidades.

Carnaubais oferece uma variedade de espécimes típicos do sertão, alguns ameaçados de extinção. Além do Rio Açu, são muitas as lagoas que cortam a Região, onde é sempre verde a paisagem local. Em homenagem à padroeira, Santa Luzia, acontece todos os anos ali a Festa de Santa Luzia, uma tradição do lugar.

Durante a solenidade de assinatura do decreto, com a presença de vários secretários e autoridades, o diretor-geral do Idema, Rondinelle Silva, confundiu em seu discurso as Dunas do Rosdado com Mangue Seco, no extremo Norte da Bahia, local das gravações da famosa novela “Tieta do Agreste, baseada na obra de Jorge Amado.

O RN possui atualmente 238 mil hectares em Unidades Estaduais de Conservação, o que corresponde a 4,5% do seu território. Estas unidades estão localizadas, em sua maior parte, ao longo do litoral potiguar, sendo 2,58% no ecossistema marinho, 1,08% no ecossistema costeiro, 0,8% em ecossistema de mata atlântica e o restante na caatinga. A gestão DAS Apas está a cargo do Núcleo de Unidades de Conservação (NUC), ligado ao Idema.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.