BUSCAR
BUSCAR
Análise
Processo das “pedaladas” de Carlos Eduardo é encaminhado ao Ministério Público de Contas
Procurador Thiago Martins Guterres é quem deve emitir parecer sobre prosseguimento da representação de Sandro Pimentel, que vê 'crime de responsabilidade' por parte do prefeito
Redação
24/12/2016 | 17:00

A representação protocolada pelo vereador Sandro Pimentel (PSOL) contra o prefeito Carlos Eduardo por crime de responsabilidade na antecipação das receitas do IPTU 2017 deve receber parecer do Ministério Público de Contas do Rio Grande do Norte.

Leia mais:

O documento foi encaminhado, na tarde desta sexta-feira (23) ao procurador Thiago Martins Guterres, que deve emitir parecer ao relator do caso, conselheiro Poti Júnior.

Sandro pede na representação, em caráter de urgência, que impeça a prefeitura de captar e usar os recursos do IPTU 2017, dos contribuintes que já estão pagando. O decreto nº 11.127/2016, assinado por Carlos Eduardo, oferece descontos aos moradores que pagassem o imposto até a última sexta-feira (23).

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.