BUSCAR
BUSCAR
Reclamação

“Prefeitura admitiu débito, mas não quer dar valores”, denuncia Natália Bonavides

Vereadora questionou motivo pelo qual prefeito não se pronuncia na Câmara com a população e mostrando com dados por que o projeto é preciso
Por Redação
28/03/2017 | 15:17

Em virtude da falta de quórum suficiente, a Câmara Municipal de Natal foi obrigada a não dar continuidade à apreciação de vetos pendentes na Casa nesta terça-feira 28, o que incluiu a análise do projeto de lei do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) que pede um empréstimo de R$ 204 milhões do Natalprev para usar o dinheiro e pagar o funcionalismo ao longo do ano. A vereadora Natália Bonavides (PT) explicou, em entrevista ao Blog do BG, que logo após o cancelamento da sessão houve um reunião em que o líder do prefeito, Ney Lopes Jr. (PSD), e a própria prefeitura admitiram que havia uma dívida na Previdência.

“Disseram que existe realmente um débito, mas que não vão dizer valor, eles explicaram que a procuradoria os orientou a não repassar as informações para a gente enquanto o projeto não for votado, porque isso poderia prejudicá-los politicamente. É escandaloso. Admitiu-se que há um débito e que só se passarão as informações depois de aprovar o projeto, esta é a proposta da prefeitura. Estou estarrecida. Tá tudo ilegal nesse projeto, ele sequer passou pelo Conad – conselho da Natalprev – que precisava aprová-lo”, explicou Bonavides. “Eles pediram para passar o projeto em urgência, com audiência pública já marcada para semana que vem; já tendo a convocação da presidente da Natalprev e do ex-presidente para amanhã (quarta-feira 29); eles tentaram aprovar o projeto sem debate sabendo de tudo isso, literalmente fugindo do debate”.

“prefeitura admitiu débito, mas não quer dar valores”, denuncia natália bonavides

Natália disse que gostaria que o prefeito Carlos Eduardo comparecesse à Câmara para apresentar suas propostas. Ela questionou o fato de que ele tem evitado fazer isso, escondendo as informações que ela tem solicitado. “A gente devia ter a oportunidade de debater na Câmara com técnicos do Natalprev, com todos os vereadores da bancada do prefeito, aí ele vai lá e explica e convence todo mundo. Por que o prefeito não faz isso na Câmara com a população assistindo, e mostrando com dados por que é tão necessário o projeto? Ao invés disso, ele diz na nossa cara que há um déficit, mas que não vai passar informações. A gente não está tendo oportunidade de apresentar alternativas”, reclamou.

Investigados mentiram para proteger Bolsonaro em caso das joias, diz PF
Depoimentos trouxeram informações erradas sobre a localização, movimentação e destino dos itens desviados do acervo público
12/07/2024 às 18:26
STF realiza audiência de custódia de presos no caso Abin
Segundo a PF, agência foi usada para favorecer filhos de Bolsonaro
12/07/2024 às 15:22
George Soares toma posse como Conselheiro do TCE na próxima quarta-feira
Vaga pertence ao quadro de indicados pela Assembleia Legislativa e estava aberta desde a aposentadoria do Conselheiro Tarcísio Costa
12/07/2024 às 15:13
Salatiel de Souza e Homero Grec oficializam pré-candidaturas em Parnamirim
Evento da pré-chapa ocorrerá no Boungaville Recepções nesta segunda-feira 12
12/07/2024 às 11:55
Paulinho Freire tem condição de vitória e fará grande governo, afirma ACM Neto
Vice-presidente do União Brasil visitou RN ontem para lançamento de guia para ajudar na elaboração de planos de governo
12/07/2024 às 07:59
Câmara aprova PEC da Anistia, que reduz cota para negros nas eleições
Projeto tramitou por mais de um ano com pouquíssimo debate público e só teve oposição do PSOL e do Novo; texto segue agora para o Senado
11/07/2024 às 21:59
‘Intenção de rompimento democrático’, diz Randolfe sobre monitoramento ilegal da Abin
O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), consta na lista de autoridades que foram monitoradas ilegalmente pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin)
11/07/2024 às 20:02
Câmara aprova destinação de 5% de emendas parlamentares a catástrofes
Nos dois turnos, proposta teve votos de apoiadores do governo e da oposição, além de encaminhamento favorável de todas as bancadas partidárias
11/07/2024 às 15:19
“Não vi como bronca”, diz Márcio Macêdo sobre cobrança de Lula
Presidente pediu ao ministro mais participação em reuniões
11/07/2024 às 11:51
Aprovação de Lula sobe quatro pontos e vai a 54%, no maior nível do ano, diz pesquisa
Em maio, no último levantamento, o índice de aprovação era 50%
11/07/2024 às 08:20