BUSCAR
BUSCAR
Eleições 2018
Juiz manda retirar notícia caluniosa contra Zenaide Maia da internet
O problema é o que o responsável pelo blogdocapote.com.br, Raimundo Nilzemar Almeida, desafiou a ordem do juiz e manteve as publicações no ar, inclusive no Facebook
Redação
18/09/2018 | 16:14

O juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Ricardo Tinoco de Góes, determinou a imediata retirada da notícia no Blog do Capote – blogdocapote.com.br  e do Facebook – de uma matéria insinuando que a candidata ao senado da República, a médica e deputada federal Zenaide Maia, teria “comprado” o apoio do ex-prefeito de Pau dos Ferros, conhecido como doutor Nilson Figueiredo.

Na sentença, o juiz que as práticas cometidas pelo Blog do Capote desenham uma afronta à legislação eleitoral pela divulgação de calúnias e difamações buscando atingir a honra e a imagem da candidata ao senado. O problema é que a sentença do juiz foi divulga no dia 14 deste mês, ou seja, na última sexta-feira e até agora as postagens não foram retiradas. O juiz determinou um dia para a retirada das notícias, sob o pagamento de R$ 1 mil por descumprimento a cada 24 horas, podendo chegar um valor máximo de R$ 20 mil.

O Blog do Capote ainda acusa Zenaide Maia de “enganar” Fátima Bezerra – candidata ao governo do Estado pela mesma chapa – ao dizer que enquanto Fátima pede voto para as duas, Zenaide pede apenas para ela e diz que o ex-prefeito de Paulo dos Ferros, o doutor Nilson Figueiredo, costuma vender o seu voto a um valor muito elevado e que ele teria dito que o PT teria pouquíssimos votos por lá. O responsável pelo Blog do Capote, Raimundo Nilzemar Almeida, ainda não retirou as publicações consideradas ofensivas pelo TRE, mesmo já tendo recebido a intimação.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.