BUSCAR
BUSCAR
Revolta
Homem quebra urna eletrônica com marreta em Morro da Fumaça, SC
Últimas três prisões foram por transporte ilegal de eleitores em Bom Retiro, divulgação de propaganda em Florianópolis e boca de urna em São José
Agência Estado
07/10/2018 | 17:36

Um homem entrou com uma marreta dentro de uma sacola e quebrou uma urna eletrônica, em Morro da Fumaça, no Sul de Santa Catarina, na tarde deste domingo, 7. O conteúdo do equipamento não foi perdido e a urna foi substituída. O vândalo foi levado para a delegacia.

Outras 30 pessoas já foram presas em Santa Catarina até agora, de acordo com o TRE-SC. Foram registradas, 72 ocorrências. Os principais motivos são crimes como boca de urna, corrupção eleitoral, desacato a autoridade e coação. As últimas três prisões foram por transporte ilegal de eleitores em Bom Retiro, divulgação de propaganda em Florianópolis e boca de urna em São José.

Compra de votos

O vereador Pedro Mazzuchetti (MDB) foi preso por policiais militares por compra de votos. Ele foi flagrado em Içara com R$ 261 e santinhos do candidato a deputado estadual Luiz Fernando Vampiro (MDB).

Em Criciúma, duas pessoas foram detidas por boca de urna no bairro Boa Vista. Um homem comprou o voto de uma mulher. Ele ofereceu dinheiro e ela foi vista colocando o dinheiro e o santinho na bolsa. Os dois foram presos em flagrante pela PM e levados à Polícia Federal. Um fiscal foi preso na Escola de Educação Básica Coronel Marcos Rovaris por boca de urna, também em Criciúma.

Em Forquilhinha, a PM prendeu de uma mulher no bairro Santa Cruz por compra de voto. Pouco depois, um homem tentou comprar o voto de uma mulher, mas ela se opôs. Ele foi preso e ela levada pra delegacia como testemunha.

Em Corupá, uma mulher de 52 anos de idade foi flagrada praticando boca de urna, foi detida e conduzida ao Fórum de Jaraguá do Sul.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.