BUSCAR
BUSCAR
Setor produtivo
“Há muito a ser feito, mas Fátima tem caminhado bem”, diz Marcelo Queiroz
Presidente da Fecomércio avalia positivamente os primeiros 100 dias da gestão Fátima Bezerra, em razão das medidas para a resolução do desequilíbrio fiscal do Estado
Marcelo Hollanda
10/04/2019 | 08:54

Para o presidente do Sistema Fecomércio Rio Grande do Norte, Marcelo Queiroz, a gestão Fátima Bezerra em seus primeiros 100 dias é positiva. Segundo ele, a governadora tem adotado posturas que denotam preocupação com o desequilíbrio fiscal do Estado e, principalmente, tem conseguido manter um canal permanente de diálogo com toda a sociedade, em particular com os próprios servidores públicos e com o setor produtivo potiguar.

“Ela herdou um Estado numa situação financeira e fiscal extremamente difícil. Dívidas de curtíssimo prazo que somavam mais de R$ 4 bilhões e quase nenhuma perspectiva de receita extra. Além disso, o orçamento engessado e um compromisso, a nosso ver, injusto com o repasse de recursos aos chamados poderes autônomos completam um cenário devastador. Há muito a ser feito. Mas ela tem caminhado bem”, afirma Queiroz.

O presidente da Fecomércio RN destaca a redução de algumas despesas de custeio e a busca incessante por fontes extras. “Ela também precisa intensificar as conversas com os poderes autônomos para negociar duodécimos e assunção de despesas com aposentados e pensionistas de cada um deles, por exemplo”, pontua.

Ele ressalta que a governadora tem buscado um canal permanente de diálogo com a classe produtora. “Estamos, agora mesmo, ultimando as conversas para a criação da Câmara Setorial do Comércio e Serviços. Uma iniciativa que deverá agilizar o tratamento de temas sensíveis ao nosso setor, incluindo a questão da dívida junto aos fornecedores de bens e serviços para áreas essenciais do governo”, encerrou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.