BUSCAR
BUSCAR
Análise
“Grande erro foi acertado na presença do governo e Poderes”, diz Tomba Farias
Deputado estadual pelo PSB, inclusive, avaliou que a discussão sobre o orçamento do estado deveria ter acontecido 'bem antes' e em audiência pública
Boni Neto e Manoel Adalberto
18/12/2016 | 12:24

O deputado estadual Tomba Farias (PSB) falou a respeito da insatisfação gerada pelo adiamento da votação do orçamento para o Rio Grande do Norte em 2017. De acordo com o também presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa, “o grande erro foi acertado na presença do governo e dos Poderes”.

“O grande erro foi acertado com a presença do governo e dos Poderes; eles agora estão querendo voltar atrás e pôr a culpa nos deputados. Os deputados não têm culpa. Essa dificuldade financeira do estado vem de longe, nós temos avisado que isso é no Brasil todo. Tem que haver uma solução, e para haver uma solução é preciso que todos cedam. É preciso que todos se sentem e entendam que as coisas mudaram e que precisamos economizar recursos para que o Rio Grande do Norte volte ao caminho do desenvolvimento”, disse Tomba, em entrevista concedida ao Portal Agora RN.

O deputado estadual, inclusive, avaliou que a discussão deveria ter acontecido “bem antes” e em audiência pública. “O orçamento é um direito de todo mundo. Ele deveria ter sido discutido bem antes; eles deixaram para nos procurar faltando dois, três dias… Esse assunto, inclusive, deveria ser debatido em audiência pública. O problema que estão questionando é em cima dos Poderes, porque os Poderes dizem que têm dinheiro. Vamos sentar todos na mesa: o governador, os Poderes, os deputados e nós da Comissão de Finanças e Fiscalização, e vamos ver o que podemos fazer”, concluiu o parlamentar.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.