BUSCAR
BUSCAR
Recuperação
Governo do RN reassume administração e autoriza restauração do Forte
Forte é a principal edificação cultural e histórica do Rio Grande do Norte e um marco do início da implantação da capital; construção está instalada no encontro do Rio Potengi com o Oceano Atlântico
Redação
26/10/2018 | 15:26

A ordem de serviço para restauração do Forte dos Reis Magos em Natal foi assinada pelo governador Robinson Faria (PSD) nesta sexta-feira, 26. O Forte é a principal edificação cultural e histórica do Rio Grande do Norte e um marco do início da implantação da capital. A construção está instalada no encontro do Rio Potengi com o Oceano Atlântico, no limite entre as zonas leste e norte da cidade.

A restauração, com orçamento de R$ 3,9 milhões vai contemplar também a adequação às normas de acessibilidade, e tem prazo de conclusão para novembro de 2019.

“O Governo do Estado está reassumindo a gestão do Forte, que na gestão anterior foi passada para o Iphan. Além disso, vamos iniciar as obras de restauração, ações que significam um resgate histórico para nossa cidade, nosso Estado e para o Brasil”, afirmou o governador Robinson Faria.

O presidente da Fundação José Augusto (FJA), Amaury Silva Junior, destacou que a gestão do Forte pelo Governo do Estado e sua restauração “preserva e fortalece a nossa cultura e é mais um ponto positivo para o crescimento da atividade turística. O Forte é um patrimônio do Rio Grande do Norte, abriga o Marco de Touros e representa o início da nossa história”. Durante as obras as visitações continuarão acontecendo de terça a domingo, no horário das 8h às 16 horas.

O Forte foi construído em 1598 e tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1949.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.