BUSCAR
BUSCAR
Aumento
Governo aumenta limite do saque imediato do FGTS
Saque imediato de R$ 500 passa a ser de R$ 998, equivalente a um salário mínimo
Redação
12/12/2019 | 15:41

O presidente Jair Bolsonaro, sancionou nesta quinta-feira, 12, a Medida Provisória (MP) que determina as novas as regras do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A partir da sanção, a MP é convertida em lei.

O principal ponto alterado e bastante aguardado pelos beneficiários foi o aumento do valor do saque imediato, de R$ 500 para R$ 998, correspondente a um salário mínimo.

A medida provisória que criou o saque imediato e saque-aniversário foi editada pelo governo em julho deste ano. Contudo, o calendário do segundo só terá início em abril de 2020.

Porém, é importante frisar que o novo valor só vale para quem tiver saldo de até R$ 998,00 na conta vinculada ao fundo de garantia. A quantia pode ser retirada de cada conta. Entretanto, para aqueles cujo saldo é superior a R$ 998, o limite para saque continua sendo de R$ 500.

Com a sanção de Bolsonaro, os trabalhadores que se enquadram na regra do salário mínimo e já sacaram os R$ 500, poderão sacar mais R$ 498. O prazo limite para efetuar o saque é 31 de março de 2020.

No saque imediato, quem tem conta ativa (emprego atual) ou inativa (emprego anterior) do FGTS pode sacar até R$ 500. Este valor é por conta e é limitado pelo saldo.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.