BUSCAR
BUSCAR
Política
Emenda de Styvenson é parcialmente acolhida para enfrentamento ao coronavírus
No final da sessão extraordinária, os senadores para excluíram do congelamento de salários, até dezembro de 2021, os policiais e os profissionais de saúde, como tinha proposto Styvenson em sua emenda
Redação
04/05/2020 | 11:09

O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) votou a favor do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus e teve sua emenda em parte aprovada pelo relator do projeto, o presidente do senado Davi Acolumbre (DEM-AP). No início da sessão o relator anunciou o acatamento parcial da emenda, contemplando a solicitação de continuarem sendo concedidas as promoções e progressões aos militares. No final da sessão extraordinária, Davi Acolumbre fez um acordo com os demais senadores para excluir do congelamento de salários, até dezembro de 2021, os policiais e os profissionais de saúde, como também tinha proposto Styvenson em sua emenda.

“Eu compreendo que são muitas as restrições orçamentárias devido à pandemia, mas fiquei muito feliz por nossas sugestões terem sido acatadas em sua totalidade. Não seria justo que essas categorias que estão trabalhando exaustivamente nesse período também ficassem com os salários congelados até dezembro de 2021,” argumentou o senador potiguar, que acompanhou a votação remota extraordinária deste sábado (2).

Com a aprovação do PLP 149/2019, o governo federal vai liberar, de forma emergencial, 60 bilhões de reais para municípios, estados e Distrito Federal. Para o RN, serão encaminhados 951 milhões e 543 mil reais, em consonância com a divisão por número de habitantes.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.