BUSCAR
BUSCAR
Segurança
Deputada critica audiência de custódia e cobra maior proteção às mulheres
Cristiane Dantas cobrou mais fortalecimento das ações de defesa das vítimas de violência doméstica e um 'olhar diferenciado' da justiça nesses casos
Ciro Marques
21/03/2018 | 10:27

A deputada estadual Cristiane Dantas se pronunciou hoje no plenário da Assembleia Legislativa e criticou o assassinato da dona de casa Isolda Claudino, mãe de quatro filhos, e vítima de feminicídio nesta segunda-feira, 19. Isolda foi ferida pelo ex-marido com 14 facadas, na zona Norte de Natal, e faleceu a caminho do hospital.

“Infelizmente, estamos, cada vez mais, nos deparando com esses casos. A rede realmente funciona, só que a gente precisa cada vez cobrar que essa rede seja mais fortalecida, que a justiça faça o seu papel de proteger a mulher e não de proteger, muitas vezes, nas audiências de custódia, esse criminoso, porque tem endereço fixo, porque tem um trabalho. No crime contra a mulher, tem que ser diferenciado esse olhar”, afirmou Cristiane Dantas.

Segundo a deputada, no caso de Isolda, ela buscou a delegacia de proteção a mulher, que ofereceu medidas protetivas, que foi concedida; e buscou uma vaga na casa abrigo. Contudo, a vitima não teria aceitado esse apoio por duvidar que o ex-marido seria capaz de agir dessa forma.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.