BUSCAR
BUSCAR
Propostas
Candidatos ao Governo defendem medidas para a formação de atletas
Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo Alves (PDT) sugerem ações para incluir o esporte no ensino básico
Redação
19/10/2018 | 08:57

Líder nas pesquisas de intenção de voto para o Governo do RN, a senadora Fátima Bezerra, candidata do PT, propõe para as áreas de esporte e lazer a elaboração e a implantação do Plano Estadual do Esporte e do Lazer, um estudo para a criação do Fundo Estadual para o Esporte e o Lazer e estruturar programas de utilização de espaços públicos poliesportivos e escolas nas regiões rurais e urbanas.

O plano de governo da petista também prevê a implantação de projetos, com o suporto do Ministério do Esporte, como o Segundo Tempo (para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes) e o academia nas praças.

Entre as propostas também está a viabilização de programas de esportes e lazer para inclusão das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Já o candidato do PDT, Carlos Eduardo Alves, tem na área de esporte e lazer de seu plano de governo propostas que envolvem a instituição de uma legislação de fomento ao esporte a esfera estadual – que deve ser replicada aos municípios de acordo com as especificidades de cada uma –, a construção de equipamentos esportivos comunitários para manifestações esportivas e artístico-culturais e a implementação de programas de esporte e lazer em parceria com os municípios.

Carlos Eduardo também propõe apoiar projetos desportivos das federações esportivas do estado, investir na prática esportiva sustentável, ao ar livre e em contato com a natureza e a qualificação e requalificação de espaços públicos, visando a inclusão social e o convívio com o meio ambiente.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.