BUSCAR
BUSCAR
Perfil
Candidata ao Senado, Magnólia quer mostrar ao RN lado político da atleta
Primeira potiguar a participar de uma Olimpíada, ela quer abstrair sua história pessoal como velocista e meio-fundista, para focar na importância do esporte para a educação
Redação
02/10/2018 | 08:15

Magnólia Figueiredo, candidata a uma das vagas ao Senado pelo Solidariedade, resolveu mudar o foco de sua campanha, faltando uma semana para as eleições.

Primeira norte-rio-grandense a participar de uma Olimpíada, ela quer abstrair um pouco de sua história pessoal como velocista e meio-fundista, dona de recordes e incontáveis medalhas, para focar na importância do esporte para a educação de jovens.

“Minha trajetória é conhecida, pode e deve ser lembrada, mas chegou a hora das pessoas entenderem que é preciso eleger alguém que trabalhe diretamente com o fato de que, neste momento, milhares de meninas e meninos só esperam uma oportunidade para mudar dramaticamente o curso de suas vidas”, pontifica a candidata. “E essa oportunidade está na inclusão pelo esporte”, acrescenta.

Para a candidata, que foi uma atleta tão versátil como longeva na profissão, correndo em modalidades dos 100 aos 1.500 metros, a ideia de que só investimentos financeiros podem trazer a inclusão pelo esporte, não reflete a verdade. “É apenas parte de um todo que é relevante”, acentua.

“Quando adolescente eu treinava em pista de vaquejada e sei que não é preciso uma fortuna para fazer a diferença”, afirma a candidata.

“Na dificuldade é que se conhece o tamanho do desafio”, diz Magnólia

Para ela, é preciso de sensibilidade dos gestores na hora de direcionar e modular os investimentos, de sorte que milhares de crianças e jovens não sejam mais submetidos a uma quadra sem cobertura num calor escaldante ou o descaso puro e simples da atividade pelo desinteresse institucional.

“A paixão pelo esporte existe e pode ser comprovada pela quantidade de jovens correndo atrás de uma bola nos campos de areia batida ou improvisando uma raquete de tênis com pedaços de madeira”, lembra Magnólia.

Segundo a candidata, a partir de agora, sua mensagem pelas redes sociais vai focar na proposta de uma escolha simples: “a de quem tem as melhores credenciais para fazer um plano de inclusão educacional pelo esporte funcionar daquele candidato que só usa o esporte como promoção política”, resume.

Para Magnólia, uma coisa é ser propositiva e correr atrás dos resultados e a outra é ser paternalista e acenar com mudanças que jamais irão se concretizar ou se realizar de uma maneira dissociada das necessidades reais da população.

“Infelizmente, o segundo modelo é o que tem prevalecido nas últimas décadas”, afirma. Aos 54 anos, Magnólia Figueiredo deixou de competir há apenas oito, tendo na sua história como atleta uma série de competições de alto nível e uma Olimpíada.

Agora, como candidata ao Senado, ela quer mostrar que por trás de uma trajetória de atleta, que conseguiu superar as dificuldades como paixão pelo esporte, há uma extensa ficha de bons serviços prestados em favor de milhares de jovens que conseguiram mudar suas vidas pela via do esporte.

O legado de Magnólia Figueiredo no Estado pode ser visto de outras formas: duas pistas sintéticas de atletismo, o que significa que o atleta pode treinar em quaisquer condições climáticas, além de equipamentos. Magnólia trouxe competições para o Estado e o único medalhista olímpico de ouro do atletismo nas últimas olimpíadas, Thiago Brás, no salto com vara, treinou aqui. “Quero fazer um agradecimento ao Paulo de Paula, que dirigiu a Universidade Potiguar (UNP). Foi por meio dele e com a colaboração Leidiane Bacurau, Jurema Dantas e Ana Cristina, que foi possível implementar o programa “Vamos tirar as crianças da rua correndo – atletismo neles”. Hoje, essas crianças são profissionais formados.

 

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.