BUSCAR
BUSCAR
Discussões
Audiência pública vai discutir políticas de apoio às tradições juninas
'Audiência será a oportunidade para debater e sugerir ações na área da Cultura, voltadas para os festejos juninos', disse Mineiro, propositor da audiência
Redação
09/05/2017 | 11:15

Por proposição do deputado Fernando Mineiro (PT), a Assembleia Legislativa vai promover audiência pública na próxima quinta-feira (11), às 15h, para discutir os festejos, quadrilhas juninas e a cultura no Rio Grande do Norte. O parlamentar explica que o debate visa propor políticas públicas de apoio às tradições juninas.

“A audiência será a oportunidade para debater e sugerir ações na área da Cultura, voltadas para os festejos juninos, refletindo sobre a tradição cultural do Estado e do Nordeste e seus efeitos na economia local, bem como mobilizações e envolvimento de vários setores da sociedade com o tema”, justifica Mineiro.

Para compor o debate, foram convidados pela Casa Legislativa representantes da Fundação José Augusto (FJA), Fundação Cultural Capitania das Artes (FUNCARTE), Liga das Quadrilhas Juninas do RN (LIQUAJUTERN), União Nordestina de Entidades Juninas (UNEJ), Secretaria de Cultura de São Gonçalo do Amarante e sociedade civil.

Festas Juninas no Nordeste

Embora sejam comemoradas em todo Brasil, na região Nordeste as festas juninas ganham grande expressão. O mês de junho é o momento de prestar homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Por ser uma região afetada periodicamente pela seca, os nordestinos aproveitam as festividades para agradecer as chuvas raras na região, que servem para manter a agricultura.

As festas representam também um importante momento econômico, movimentando o turismo local. Hotéis, comércios e clubes aumentam os lucros e geram empregos nos municípios. Embora a maioria dos visitantes sejam brasileiros, é cada vez mais comum encontrarmos turistas europeus, asiáticos e norte-americanos que chegam ao Brasil para acompanhar os festejos juninos.

Memória

A Assembleia do Rio Grande do Norte está atenta ao assunto. Por meio de uma lei de iniciativa do deputado George Soares (PR), sancionada pelo Executivo Estadual em 2013, a festa de São João do município do Assu, no Oeste potiguar, foi reconhecida como patrimônio cultural, imaterial e histórico do Rio Grande do Norte. No ano passado, outras duas festas juninas do interior do Estado foram agraciadas com o título: a Festa de Santa Luzia, em Mossoró, por propositura da deputada Larissa Rosado (PSB); e a Festa de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz, proposta pelo deputado Tomba Farias (PSB).

Dentre outras vantagens, o título possibilita a obtenção de benefícios de políticas públicas, buscando assegurar a preservação e manutenção da festividade.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.