BUSCAR
BUSCAR
Repercussão
Decisão do STF imprime maior responsabilidade à delação, diz José Agripino
Para Agripino, na hora em que o Supremo decide que a delação pode ser revista, obriga os delatores a serem fiéis à verdade
Isabela Bonfim
29/06/2017 | 19:45

O presidente do Democratas, senador José Agripino (RN), avaliou como positiva a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que possibilita a revisão de acordos de delação, após homologação, em caso de descumprimento de acordo por parte do delator.

“Achei a decisão positiva. Imprime maior responsabilidade na delação. Na hora em que o Supremo decide que a delação pode ser revista, obriga que as pessoas que delatam sejam fiéis à verdade”, afirmou.

O senador preferiu não avaliar a implicação da decisão sobre casos específicos, como a delação da JBS, que levou à discussão da questão pelo Supremo.

Quanto à decisão do Supremo de que a homologação da delação cabe apenas ao relator do processo, o senador acredita que não há qualquer avaliação a ser feita. “Se o plenário decidiu que não é necessário que a homologação passe pelo plenário, não há o que ser comentado. Fica como prerrogativa do relator. É o entendimento do pleno, então não há o que ser discutido.”

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.