BUSCAR
BUSCAR
Melhorias
Software de gerenciamento de identificação civil e criminal é adquirido pelo ITEP
Com objetivo de conhecer o funcionamento do sistema, diretores do ITEP foram até João Pessoa para aprender sobre o equipamento
Redação
22/12/2016 | 11:15

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) adquiriu um software de gerenciamento de identificação civil e criminal, que será responsável por permitir uma maior segurança na emissão de identidades, com intuito de evitar tentativas de fraudes e até a duplicidade das carteiras de identidade, além de garantir uma modernização nos atendimentos dos Institutos de Criminalística e Identificação.

Para conhecer melhor este sistema, o diretor-geral do ITEP-RN, Marcos Brandão, o chefe de gabinete, Tiago Tadeu, o diretor do Instituto de Identificação, Josebias Ferreira, e a responsável pela identificação civil e criminal, Luciana Lima, foram até a cidade de João Pessoa (PB) nesta terça-feira (20) com o objetivo de verificar o funcionamento do sistema no órgão pericial paraibano, que também funciona através do mesmo sistema de software.

De acordo com o diretor Marcos Brandão, o sistema foi adquirido pelo órgão através da contratação da empresa V Soft mediante licitação. A expectativa é que o software comece a funcionar no próximo ano, mas ainda não há data definida.

O software da empresa V Soft reúne um sistema de identificação com biometria, aplicações para dispositivos móveis e sistemas para internet em um único produto. Trata-se de uma plataforma para disponibilização de serviços e informações públicas em múltiplas mídias digitais, que irá ser essencial para os trabalhos do Instituto de Identificação e Criminalística.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.