BUSCAR
BUSCAR
Inclusão
Seap e UFRN avançam em ações no sistema prisional
Entre as ações estão: cursos para egressos do sistema penal e grupo para discutir ações de qualidade de vida com foco na saúde do policial penal
Redação
30/01/2020 | 19:34

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte, através da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), vai disponibilizar 20 vagas para egressos do sistema penal em condição de liberdade condicional para um curso de padeiro e confeiteiro. O curso começa em março e tem duração de 450 horas.

Em reunião com representantes da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), realizada nesta quarta-feira (29), ficou acordado também a criação de um grupo de trabalho conjunto para discutir ações de qualidade de vida com foco na saúde do policial penal.

O secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio Filho, explicou que a Seap garantiu o controle, a disciplina e a ordem no sistema penal, e que está avançando em ações de reinserção e ressocialização como forma de diminuir a reincidência criminal. “A solução necessariamente passa por educação e trabalho no sistema prisional. Nesse sentido, buscamos a UFRN para nos auxiliar e cooperar em ações tanto para os egressos como para os nossos servidores”, disse.

O reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, disse que a instituição está comprometida com a inclusão social e prontamente disponibilizou uma equipe para tratar das demandas da área de gestão de pessoas com foco, principalmente, na promoção da saúde do servidor. “A UFRN está de braços abertos para compartilhar nossas experiências e iniciativas na área de qualidade de vida dos servidores”, garantiu. Na reunião, ficou definida a criação de um grupo de trabalho para identificar a demanda e propor ações na área de qualidade de vida para atender os policiais penais.

Qualificação

A Seap vai selecionar os egressos aptos ao curso de padeiro e confeiteiro através do Departamento de Promoção à Cidadania (DPC). Os recursos são oriundos do Ministério da Justiça aplicados através do Programa Alvorada. O curso prevê cinco meses de aulas teóricas e práticas, além de estágio supervisionado com três meses de duração.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.