BUSCAR
BUSCAR
Desvios do Fundeb
PF prende em Natal empresário acusado de ocultar provas durante investigação
Preso é um dos principais investigados da Operação Tristitia - deflagrada pela PF no RN, desde a última terça-feira, visando apurar desvio de recursos públicos em Baraúna, na região oeste potiguar
Redação
26/03/2018 | 16:27

A Polícia Federal prendeu na tarde desta segunda-feira, em Natal, um empresário de 43 anos, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 8ª Vara da Justiça Federal em Mossoró.

O preso é um dos principais investigados da Operação Tristitia – deflagrada pela PF no Rio Grande do Norte desde a última terça-feira, visando apurar desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em Baraúna, no oeste potiguar, entre 2014 e 2016.

Entre os fatos apurados pela Operação Tristitia, está a contratação de uma empresa que fornecia materiais como livros pedagógicos, fardamentos e alimentos superfaturados. A cidade sob investigação recebeu aproximadamente R$ 744 mil, proveniente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Prossionais da Educação (Fundeb). Deste valor, R$ 440 mil teriam sido desviados e cerca de R$ 350 mil teriam sido lavados por gestores do município na compra de um terreno.

Em liberdade, o homem vinha interferindo na investigação e ocultando provas, o que levou à PF a requerer a sua prisão. Ele será transferido para Mossoró, onde passará por uma audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

Em liberdade, o homem vinha interferindo na investigação e ocultando provas, o que levou à PF a requerer a sua prisão. Ele será transferido para Mossoró, onde passará por uma audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

 

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.