BUSCAR
BUSCAR
Justiça
Pedreiro acusado de matar adolescente Iasmin Lorena vai a júri popular
Decisão foi tomada pela juíza Ingrid Raniele Farias Sandes, da 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte; data do julgamento não foi confirmada
Redação
24/04/2019 | 15:08

O pedreiro Marcondes Gomes da Silva, 45 anos, acusado de matar a adolescente Iasmin Lorena, 12 anos, em crime ocorrido no mês de março de 2018, será julgado em júri popular. A data para o julgamento ainda não foi agendado.

A decisão foi tomada pela juíza Ingrid Raniele Farias Sandes, da 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, após audiência de instrução ocorrida nesta quarta-feira, 24.

Durante a audiência de instrução, o acusado do crime permaneceu em silêncio durante a sessão. Marcondes Gomes da Silva será julgado pelos crimes de homicídio doloso triplamente qualificado, estupro de vulnerável e ocultação de cadáver.

O caso

A adolescente Iasmin Lorena, 12 anos, desapareceu no dia 28 de março de 2018. O sumiço gerou uma série de protesto populares na bairro da Redinha, na zona Norte de Natal.

Após a investigação da Polícia Civil, o corpo da garota foi encontrado enterrado dentro de um casa em construção, bem próximo do lugar onde ela morava. O responsável pela obra, Marcondes Gomes da Silva, passou a ser o principal suspeito do crime. Ele foi preso dias depois da descoberta do corpo da adolescente. Desde então, ele segue detido preventivamente, enquanto aguardava a definição sobre o julgamento.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.