Coluna
Notas e informes: Desinvestimentos da Petrobras
Por Redação - Publicado em 27/03/2020 às 00:30
Publicidade
A Petrobras anunciou ontem uma série de medidas para equilibrar o caixa da companhia em meio ao choque dos preços do barril petróleo e do impacto da pandemia de coronavírus no mercado internacional. Entre as ações, a estatal prevê a postergação de gastos com recursos humanos e a redução de US$ 3,5 bilhões em investimentos programados para 2020.

O RN, que já vinha sendo atingido pelos desinvestimentos da companhia, deve sofrer com os novos cortes.

Eleições, depois

O governador de São Paulo, João Doria, encerrou a coletiva realizada ontem para tratar da pandemia do novo coronavírus afirmando que “não é hora de briga, política e eleição”. Recado direto para o presidente Jair Bolsonaro.

Exemplo a (não) ser seguido

O pronunciamento de Bolsonaro surtiu efeito no varejo e no comércio popular do Alecrim. Ontem, donos de diversos estabelecimentos reabriram as portas, à revelia do decreto estadual, encorajados pelo presidente da República, que defende mudanças na política de isolamento para conter o coronavírus.

Consulta virtual

O Senado deve votar em breve um projeto de lei que libera o uso de telemedicina, em caráter emergencial, durante a crise ocasionada pelo coronavírus. Com o objetivo de desafogar os hospitais, a medida autoriza que médicos atendam por WhatsApp, por exemplo. Hoje isso é proibido.

Letargia

De cada R$ 100 anunciados pelo governo para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, R$ 64 não saíram do papel porque o governo não encaminhou as propostas ou o Congresso ainda não votou os projetos de lei que estão sendo usados para acelerar as ações, incluindo as para ampliar a rede de proteção à população de baixa renda.

Bares I

O setor de bares e restaurantes se uniu para suplicar a ajuda dos bancos e do governo federal para combater os estragos da pandemia do coronavírus nos negócios e nas vidas das 6 milhões de pessoas que suportam o segmento. Em carta aberta às instituições financeiras, destinada aos banqueiros, listam em torno de sete pedidos que incluem crédito para capital de giro, carência nos pagamentos e contrapartida do governo do lado das garantias para sobreviverem à crise.

UFRN e o coronavírus

A UFRN começou a realizar testes para detecção da Covid-19 em pacientes do Estado. Foram adquiridos kits para realização de três mil exames com recursos próprios da instituição e do seu Instituto de Medicina Tropical.


Continuar lendo

Publicidade
Publicidade