BUSCAR
BUSCAR
Esperança
Vacina contra Covid-19 estará pronta em dezembro, crê especialista dos EUA
Principal especialista em doenças infecciosas dos EUA, Anthony Fauci, disse que está 'cautelosamente otimista' de que uma vacina contra o novo coronavírus possa estar pronta até o início do inverno no hemisfério norte
Redação
28/07/2020 | 16:07

O principal especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci, disse nesta terça-feira (28), em entrevista ao programa Good Morning America, da rede americana ABC, que está “cautelosamente otimista” de que uma vacina contra o novo coronavírus possa estar pronta entre o fim do outono e o início do inverno no hemisfério norte.

O período equivale ao fim da primavera e início do verão no hemisfério sul. Em 2020, o verão terá início em 21 de dezembro abaixo da linha do Equador.

Fauci, que é diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA, ressaltou que a produção de vacinas é um processo longo e que a profilaxia deve produzir resposta imune satisfatória para ser disponibilizada à população. “Esse é realmente um dos problemas quando você lida com vacinas”, afirmou à emissora.

Ele disse, no entanto, ser bastante improvável que a vacina esteja disponível para a população dos EUA até [a passagem de] “vários meses” em 2021. Essa não é a primeira vez que o infectologista diz acreditar que até o fim do ano haverá uma vacina contra Covid-19.

Cerca de duas semanas atrás ele disse que estava otimista com o cronograma previsto nos estudos e não se preocupava com a possibilidade de a China desenvolver a vacina primeiro. “Acho que todos estão no mesmo estágio. Se eles chegarem lá, não vão conseguir muito antes do que nós, isso é certo”, afirmou, na ocasião.

*Com informações do Estadão Conteúdo e da CNN

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.