BUSCAR
BUSCAR
Preocupante
Seis em cada 10 mulheres sofreram assédio nos Estados Unidos
Estudo da Universidade Quinnipiac revela que 69% dos casos ocorreram no ambiente de trabalho
Por Redação
22/11/2017 | 20:23

Enquanto Hollywood amarga a exposição de diretores, produtores, atores e executivos em escândalos de assédios sexuais, uma pesquisa traça, nesta terça-feira (21), um outro retrato do crime no país. De acordo com estudo da Universidade Quinnipiac, 60% das eleitoras norte-americanas sofreram assédio. Mais da metade delas (69%), no ambiente de trabalho.

Dentre as entrevistadas, 43% revelaram terem sofrido o abuso em ambientes sociais, outras 45% na rua e 14% em casa. A grande maioria dos entrevistados (89%) informaram acreditar que o assédio contra mulheres é um “problema sério”. Segundo 62%, é mais provável que alguém seja incriminado agora, após recentes denúncias.

“Uma grande maioria dos homens e mulheres americanos estão profundamente preocupados com o assédio sexual, e os números destacam o porque: seis em cada dez mulheres dizem que foram vítimas”, reforçou Tim Malloy, diretor assistente do Instituto de Pesquisa da Universidade Quinnipiac, à France Presse.

Dentre os homens entrevistados, 20% revelaram terem sido vítimas; a maioria deles (60%) no trabalho. A pesquisa ouviu 1.415 eleitores, entre 15 e 20 de novembro. Conforme a Universidade Quinnipiac, a margem de erro é de 3,1%.

 

 

Fonte: Notícias ao Minuto

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.