BUSCAR
BUSCAR
Apoio
Líbano pede ajuda a Michel Temer para reconstruir infraestrutura do país
Em março, em Paris, o governo libanês organiza um evento para debater a reconstrução de parte de sua infraestrutura. O evento é, em parte, promovido pelo Banco Mundial
Estadão
24/01/2018 | 13:47

O primeiro-ministro do Líbano, Saad Hariri, pediu a ajuda do presidente Michel Temer para convocar empresas brasileiras para que participem de um pacote de investimentos para obras de infraestrutura no país árabe. Nesta quarta-feira, 24, eles se reuniram em Davos, às margens do Fórum Econômico Mundial.

Em março, em Paris, o governo libanês organiza um evento para debater a reconstrução de parte de sua infraestrutura. O evento é, em parte, promovido pelo Banco Mundial.

“No total, estamos falando de projetos que poderiam variar entre US$ 14 bilhões e US$ 16 bilhões ao longo de cinco anos”, disse Hariri. “Vamos realizar uma nova conferência em Paris para reconstruir nossa infraestrutura e teremos muitas oportunidades para o setor privado”, explicou, apontando para setores como estradas, energia e água. “Queremos as empresas brasileiras nessa nova etapa”, afirmou.

“Falei com o presidente (Temer) e ele vai ajudar a levar empresas brasileiras para o evento”, disse.

Em 2007, o Líbano realizou um evento similar, depois dos 34 dias de conflitos entre o Hezbollah e Israel. Na ocasião, doadores e investidores prometeram aplicar US$ 7 bilhões.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.