BUSCAR
BUSCAR
Surtou?
Em conversa com vacas, presidente Maduro pede apoio à Constituinte
Durante uma visita a uma feira agropecuária em Caracas, o venezuelano iniciou um constrangedor diálogo com os animais em exposição
Por Redação
08/05/2017 | 21:39

O presidente da Venezuela Nicolás Maduro protagonizou mais uma cena cômica e um tanto constrangedora durante sua visita a uma feira agropecuária em Caracas, capital do país. Enquanto era acompanhado por uma comitiva, Maduro se dirigiu a um curral onde estavam algumas vacas da exposição e começou um diálogo com os animais, pedindo apoio à Assembleia Constituinte convocada pelo governo na semana passada.

“Convoco desde já a Constituinte. Quero que vocês, líderes e produtores do campo sejam os próximos deputados e os deputados da Constituição”, disse. “Vocês vão me acompanhar? Ou vocês querem protestos, violência e morte? ”, perguntou enquanto apontava o dedo para os animais.

A cena aconteceu durante a Expo Venezuela Produção Soberana, uma feira dedicada a exibir os progressos do país no setor agropecuário e mostrar que a Venezuela está trabalhando para deixar de depender das importações de alimentos.

A conversa com os animais movimentou as redes sociais nos últimos dias. Muitos internautas consideraram ofensiva e de mau gosto a postura de Maduro, que criticou os protestos realizados pela oposição. Outros usuários interpretaram o episódio de forma mais bem-humorada e fizeram piada com o presidente.

Esta não é a primeira vez que Maduro interage com animais. Em 2013, ela afirmou ter visto o falecido ex-presidente Hugo Chávez encarnado em um pássaro. Desde então, em vários discursos imitou o som de pássaros para fazer referência à presença de Chávez na política venezuelana.

https://youtu.be/TbIzaccgKsE

 

 

Fonte: Veja

 

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.