BUSCAR
BUSCAR
Vítimas
Dos 157 mortos em acidente aéreo na Etiópia, vários eram voluntários
Aeronave caiu no domingo, 10, de manhã, minutos depois de decolar de Addis Abeba, capital da Etiópia; voo ET 302 caiu perto da cidade de Bishoftu
Agência Brasil
11/03/2019 | 07:41

O acidente aéreo com o Boeing 737, da Ethiopian Airlines, matou os 149 passageiros e oito tripulantes. Das 157 pessoas a bordo, a maioria era de estrangeiros e alguns voluntários de missões que atuavam no país. Pelo menos 10 das vítimas eram funcionários das Nações Unidas.

A aeronave caiu no domingo, 10, de manhã, minutos depois de decolar de Addis Abeba, capital da Etiópia. O voo ET 302 caiu perto da cidade de Bishoftu, ou Debre Zeit, cerca de 50 quilômetros ao sul da capital.

Em 2010 ocorreu o último grande acidente envolvendo um avião da Ethiopian Airlines – foi o Boeing 737-800, que explodiu depois de decolar do Líbano, matando 83 passageiros e sete tripulantes.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.