BUSCAR
BUSCAR
Medida
Chavismo impede Guaidó de exercer cargos públicos na Venezuela por 15 anos
Segundo Amoroso, Guaidó, que se declarou presidente interino do país em janeiro, apresentou 'inconsistências' em suas declarações de renda
Agência Estado
28/03/2019 | 14:34

O líder opositor venezuelano, Juan Guaidó, foi impedido de exercer cargos públicos por 15 anos, anunciou nesta quinta-feira, 28, a Controladoria-Geral da Venezuela. O anúncio foi feito pelo controlador-geral Elvis Amoroso na TV estatal venezuelana.   

Segundo Amoroso, Guaidó, que preside a Assembleia Nacional, controlada pela oposição, e se declarou presidente interino do país em janeiro apresentou “inconsistências” em suas declarações de renda. 

Ainda de acordo com o controlador, Guaidó teria recebido dinheiro de “instâncias internacionais e nacionais” que não foram declaradas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.