BUSCAR
BUSCAR
Acidente
Caixa-preta de avião que se partiu em dois na Índia é recuperada
Aeronave ultrapassou a pista do Aeroporto Internacional de Calicute sob forte chuva no momento da aterrissagem, deslizando até cair em um vale
Redação
08/08/2020 | 09:23

A caixa-preta e o gravador de voz da cabine do piloto do avião que se partiu em dois no aeroporto de Calicute, na Índia, foram recuperados neste sábado (8). A informação foi divulgada por uma autoridade da Direção Geral da Aviação Civil do país.

A aeronave da Air India Express, que levava indianos repatriados que estavam em Dubai em razão da pandemia de Covid-19 – ultrapassou a pista do Aeroporto Internacional de Calicute sob forte chuva no momento da aterrissagem, deslizando até cair em um vale, e sua fuselagem se partiu em duas.

Ao menos 18 pessoas morreram no acidente, incluindo o piloto e o copiloto, e 100 ficaram feridas, sendo 16 em estado grave. A aeronave transportava 190 passageiros.

“Por causa do mau tempo, ele não conseguiu pousar de primeira, então fez uma volta e tentou se aproximar por uma direção diferente”, disse Hardeep Singh Puri, ministro da Aviação Civil da Índia, a uma emissora local. Ele afirmou que apenas uma investigação vai determinar a verdadeira causa do acidente.

Segundo o ministro, as autoridades conseguiram resgatar a maioria dos passageiros porque o avião não pegou fogo quando deslizou pelo vale, no fim da pista de pouso.

“Todos os passageiros foram encaminhados a diversos hospitais, e eles também estão fazendo testes para Covid-19”, disse K. Gopalakrishnan, chefe do distrito de Malappuram, acrescentando que a autópsia dos corpos será conduzida seguindo todos os protocolos relacionados à doença.

*Com informações da CNN Brasil

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.