BUSCAR
BUSCAR
Investigação
Ataque a tiros em universidade de Michigan deixa ao menos dois mortos
Em um tuíte, instituição pediu que os alunos mantenham-se abrigados; autoridades seguem em busca de um suspeito de 19 anos, descrito como armado e perigoso
Estadão
02/03/2018 | 14:55

A polícia investiga nesta sexta-feira, 2, relatos de disparos na Universidade Central de Michigan, nos Estados Unidos. Segundo a instituição, ao menos duas pessoas morreram em mais um ataque a tiros no país. Em fevereiro, o jovem Nikolas Cruz matou 17 pessoas na escola Marjory Stoneman Douglas em Parkland, na Flórida.

Autoridades investigam o caso e estão em busca de um suspeito de 19 anos, descrito como armado e perigoso. Nenhuma das vítimas estudava na universidade. A polícia acredita que a ação “partiu de uma situação doméstica”, segundo o colégio.

A instituição, que tem cerca de 23 mil estudantes, pediu que os alunos mantenham-se abrigados. Ela havia publicado um alerta em sua página no Facebook por volta das 9h30 (11h30 em Brasília) relatando que tiros haviam sido disparados no campus.

Uma mensagem automática também foi enviada pela escola para os celulares dos alunos. Agentes do Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos estão seguindo em direção ao campus.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.