BUSCAR
BUSCAR
Eleições Argentina
Eleições na Argentina: 44,4% do eleitorado já votou, incluindo os 3 principais candidatos
Cerca de 35 milhões de pessoas são consideradas aptas a votar
Estadão Conteúdo
22/10/2023 | 16:13
Os três principais candidatos à presidência na Argentina já votaram e, segundo informou a Câmara Eleitoral, 44,4% do eleitorado já havia comparecido às urnas por volta das 14h deste domingo. Cerca de 35 milhões de pessoas são consideradas aptas a votar, das quais 37,04% estão na província de Buenos Aires, de acordo com o Ministerio del Interior do país.

Em sua conta no X (antigo twitter), o atual ministro da Economia, Sergio Massa, fez um apelo para cidadãos “votarem com confiança na Argentina” e disse que o país precisa de estabilidade e previsibilidade. “Em quatro minutos, na sala escura, decidimos o futuro dos próximos quatro anos”, escreveu na rede social após deixar a cabine de votação.

Massa disputa a corrida eleitoral com Javier Milei, que aparece como líder na maioria das pesquisas, ainda que o último levantamento da AtlasIntel tenha apontado vitória do atual ministro. Nas primárias (PASO) realizadas em agosto, o ultradireitista Milei surpreendeu por despontar na frente, com cerca de 30% dos votos. A mídia local divulgou que o candidato, que foi votar há pouco, vestiu a mesma roupa que usou nas PASO para comparecer à urna hoje.

A ex-ministra da Segurança do governo Macri, Patricia Bullrich, foi a última dos três a votar. “Acabei de votar com muita esperança num dia decisivo para todos. Agradecimentos sinceros aos milhares de fiscais de todo o país que cuidam de nossos votos. Estes votos representam, nem mais nem menos, os sonhos de todo argentino”, escreveu, há cerca uma hora, em sua conta do X.

Saiba qual foi o papel dos Estados Unidos no golpe de 1964 no Brasil
Para historiadora, houve "contribuição efetiva" norte-americana
15/04/2024 às 07:25
Milei oferece apoio a Musk após acusações e tensões com o STF
O presidente da Argentina, radical da extrema-direita, e o empresário defenderam a liberalização de mercados e a liberdade de expressão sem limites
12/04/2024 às 18:34
Deputados do RN pedem regulação das redes sociais após Musk ameaçar descumprir ordens da Justiça
Parlamentares do PT veem ataque à democracia brasileira e pedem responsabilização das redes sobre conteúdo que nelas trafega; oposição enaltece dono do Twitter
09/04/2024 às 07:41
Ministros do STF veem incômodo de Musk com regras para uso de redes nas eleições
Bilionário do X ameaçou reativar perfis bloqueados pela Justiça brasileira
08/04/2024 às 10:07
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.