BUSCAR
BUSCAR
Discurso
‘Apoiamos o livre comércio, mas ele precisa ser justo’, diz Trump em Davos
Apesar das ameaças de manifestações para o momento do pronunciamento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, discurso do republicano transcorreu de forma normal
Estadão
26/01/2018 | 13:35

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tentou mostrar em seu discurso no Fórum Econômico Mundial de Davos, nesta sexta-feira, 26, que está aberto para realizar acordos bilaterais com todos os país, mas que não fechará os olhos para práticas de comércio “injustas”.

“Como presidente dos EUA, sempre vou colocar a América em primeiro lugar. Mas a América em primeiro lugar não significa uma América sozinha”, declarou Trump.

“Não podemos ter livre-comércio e um comércio aberto se alguns países exploram o sistema às custas de outros. Apoiamos o livre-comércio, mas ele precisa ser justo e recíproco”, salientou.

Investimento. O republicano tentou encorajar o investimento estrangeiro e disse aos executivos presentes em Davos que “nunca existiu um melhor momento para fazer negócios na América”.

Como afirmou anteriormente em entrevistas durante o evento, Trump disse estar disposto a negociar o Acordo Transpacífico, desde que ele seja alterado.

Tudo tranquilo. Apesar das ameaças de manifestações para o momento do pronunciamento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o discurso do republicano transcorreu de forma normal durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos.

Em dois momentos, a plateia ensaiou vaias. O primeiro foi um pouco antes do início da fala do americano, quando o fundador do evento, Klaus Schwab, considerou que alguns dos feitos do presidente são mal interpretados. O segundo foi quando o presidente criticou a imprensa.

Descontração. O auditório permaneceu em absoluto silêncio enquanto Trump fazia seu discurso. Ao final, ele foi, de modo geral, aplaudido de forma comedida e cerca de seis pessoas da plateia chegaram a se levantar neste momento.

Na segunda parte da apresentação, quando o americano respondeu a perguntas de Schawab, ele manteve um comportamento descontraído, tirando em alguns momentos risadas da plateia.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.