BUSCAR
BUSCAR
O que fazer
Verão 2020: Confira dicas para curtir o melhor da estação
Trilhas, mergulho, visitação em áreas verdes protegidas, plantio de árvores, são algumas das alternativas do roteiro preparado pelo Idema
Redação
01/01/2020 | 13:37

O verão é a estação apropriada para explorar lugares que muitas vezes não conhecemos. Para aproveitar este período de uma forma prazerosa, ecológica e alegre, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), preparou opções de destinos no Rio Grande do Norte e algumas atividades para curtir o verão, sem esquecer o cuidado com o meio ambiente. Trilhas, mergulho, visitação em áreas verdes protegidas, plantio de árvores, cultura, são alternativas acessíveis para curtir suas férias e tudo de melhor que tem o verão potiguar. Confira:

Bosque Encena e Som da Mata

No domingo, 5, às 10h, tem muita diversão e cultura no anfiteatro do Parque das Dunas com o retorno do projeto Bosque Encena. O palco fica por conta da Palhaça Superela (Brasília/DF), que apresenta o Espetáculo “Hiperbólica”. No período da tarde, às 16h30, também no anfiteatro, tem show de Sérgio Groove no projeto Som da Mata. Ele dividirá o palco com Jubileu Filho e Ranieri Mazzilli nas guitarras, e Diego Medeiros na bateria.

Os eventos são gratuitos e a entrada no Parque custa apenas 1 real.

Parque das Dunas

Que tal chamar os amigos ou a família para uma trilha de manhã cedo ou à tarde? O Parque Estadual Dunas do Natal oferece três opções de trilhas dentro da Unidade de Conservação. Esta é uma ótima opção para fazer atividade física e ao mesmo tempo em que aprende sobre a Mata Atlântica e toda a biodiversidade existente no Parque. O agendamento é feito através do e-mail [email protected] ou diretamente na administração do Parque, de terça a sexta, das 7h30 às 13h. Para a realização das trilhas é necessário um grupo mínimo de cinco pessoas.

Quando visitar o Parque das Dunas, lembre-se de conferir a Sala de Exposição, localizada no prédio da administração da Unidade. O espaço está dividido em sala da Mata Atlântica Simulada e Sala das Dunas. Nestes dois lugares, os visitantes têm a oportunidade de mergulhar nas valiosas informações acerca da biodiversidade da Unidade de Conservação, importância da preservação da natureza e sensibilização no que diz respeito ao meio ambiente. A sala de exposição funciona de terça a domingo, das 8h às 17h30, incluindo dias de feriado.

Plante árvores

Plantar árvores é muito mais que uma simples atividade de distração nesse período, é um compromisso com o meio ambiente e com nossa qualidade de vida. Os benefícios são inúmeros: sombra, absorção de gás carbônico, recuperação de áreas degradadas e muitos outros. O Parque das Dunas, através do Viveiro, faz doação de mudas (pau-brasil, ipê, juazeiro e ubaia-doce). Cada pessoa pode receber até duas mudas por mês. Entre em contato com o Parque, no 3201-3985, e obtenha a sua! Plantar árvores é gerar vidas.

Corais

Na Área de Proteção Ambiental Recifes de Corais (Aparc), é possível realizar passeios e mergulhos nos Parrachos de Maracajaú, Rio do Fogo e Perobas. Mergulhar nas piscinas naturais no meio do oceano é uma experiência única. Distantes a poucos quilômetros da costa, os Parrachos se transformam em uma imensa piscina natural de água cristalina na maré baixa.

Maior Cajueiro do Mundo

Desde 1994, o Cajueiro de Pirangi está no Guinness Book como o maior cajueiro do mundo. Com seus 131 anos recém-completados, ele fica na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, e cobre uma área de aproximadamente 8.500 metros quadrados, com um perímetro de cerca de 500 metros. No espaço é possível aprender sobre a planta e suas características. O Cajueiro é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h30. A entrada custa R$8,00.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.