BUSCAR
BUSCAR
Cobranças
Sindicato cobra medidas para retomada da economia no RN
Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN) emitiu uma nota com cobranças sobre a retomada da economia no estado
Redação
17/06/2020 | 11:38

O Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN) emitiu uma nota, assinada pelo presidente Habib Chalita, com cobranças aos poderes públicos para a retomada da economia no estado.

De acordo com o SHRBS, uma retomada dos serviços com planejamento, segurança e responsabilidade já deve ser viabilizada pelo Governo, pois, de acordo com a nota, já se passaram três meses em que os membros da categoria esperam ações concretas e iniciativas por parte do poder público.

O Governo do RN havia programado a retomada na última segunda (15), mas foi adiado para o próximo dia 24, devido aos avanços do coronavírus.

Conforme consta na nota, uma das principais preocupações do Sindicato é o índice crescente de desemprego, devido aos estabelecimento estarem fechados durante a pandemia.

Para o SHRBS os decretos publicados não estão indo em direção a uma solução para o problema na economia potiguar.

“Como fazer a economia “girar” quando não se tem garantias para isso? De que forma agir quando entra Decreto, sai Decreto e é como se as coisas tivessem sendo ‘empurradas com a barriga’?”, relatou na nota.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) lançou recentemente um protocolo com recomendações de medidas, para que os estabelecimentos possam ter uma orientação na retomada parcial e na abertura total da economia.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.