BUSCAR
BUSCAR
Ação
Sandro Pimentel foi a Touros conferir estado de saúde do cavalo espancado
Deputado foi acompanhado de uma veterinária, uma auxiliar veterinária e uma protetora de animais.
Redação
27/11/2019 | 05:20

O deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) defendeu nesta terça-feira, 26, que o homem preso em Touros, no litoral norte potiguar, após espancar um cavalo seja proibido de se aproximar novamente do animal caso seja solto. O parlamentar foi a Touros para conferir in loco o estado de saúde do animal.

O deputado foi acompanhado de uma veterinária, uma auxiliar veterinária e uma protetora de animais. A assessoria do parlamentar informou à reportagem que o animal estava “bastante arredio”, provavelmente devido aos maus tratos.

Por questão de segurança, a equipe não conseguiu examinar o animal de perto. Mas, de longe, perceberam que, apesar dos ferimentos, o cavalo não teve comprometidos os movimentos e não estava sangrando.

Ainda segundo apurou o Agora RN, o cavalo continua perto da casa onde mora o agressor. Ao visitar o local nesta terça-feira, Sandro Pimentel e a equipe notaram que há outros animais na casa e que todos demonstraram sinais de maus tratos, inclusive um potro.

O deputado do PSOL foi, ainda, até a sede da Comarca de Touros, mas não conseguiu contato com a juíza que acompanha o caso porque ela estava em audiência. Sandro Pimentel chegou a conseguir um lar temporário para o cavalo, mas, como não tinha autorização judicial para retirar o animal do local onde vive, não teve como fazer o transporte. A assessoria do parlamentar disse, ainda, que foram deixados alimentos e água para o cavalo no local.

https://youtu.be/IFmslVHg86c
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.