BUSCAR
BUSCAR
Cultura
Saiba a maneira segura de escolher pescados para Semana Santa
Primeiro cuidado que deve ser observado é o local onde os pescados estão sendo comercializados
Redação
07/04/2020 | 16:55

Com a chegada do período da Semana Santa, o consumo de pescados, como peixes, moluscos, crustáceos, polvos e lulas, têm um grande aumento na capital. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), separou algumas recomendações de como obter, manipular e consumir, de maneira segura, esses alimentos.

O primeiro cuidado que deve ser observado é o local onde os pescados estão sendo comercializados, como explica o Dr. André Luiz Barbosa de Lima, médico veterinário sanitarista, chefe do plantão do Setor de Vigilância Sanitária. “Os consumidores devem estar atentos aos aspectos de limpeza e organização das instalações, como os equipamentos, móveis e utensílios do estabelecimento”.

O médico sanitarista acrescenta também a importância de se observar como esses alimentos estão sendo manuseados, “Além disso, os manipuladores de alimentos devem manter asseio pessoal, apresentar uniforme limpo com protetor capilar e calçado fechado, não usar adornos como anéis, brincos e pulseiras, ou até mesmo esmaltes ou outro material que possa se constituir como contaminante ao alimento”.

Os pescados são uma importante fonte de proteínas e outros nutrientes, mas exigem cuidados especiais, principalmente porque são altamente perecíveis e podem causar doenças, se não forem manipulados de maneira segura “Uma coisa importante é com relação à temperatura de manutenção dos peixes. Se obtidos frescos, devem ser rapidamente consumidos ou mantidos sob temperatura segura abaixo até 4°C (quatro graus centígrados), quando refrigerados, e abaixo de – 18°C (menos dezoito graus centígrados), quando congelados”, esclarece Dr. André Luiz Lima, que reforça a diferença entre os cuidados que devem ser tomados nas diferentes espécies, pois “ostras e mexilhões são exceção, já que devem ser obtidas frescas e vivas”.


Aspectos que devem ser observados na hora da comprar pescados:

Por se tratarem de alimentos diferentes e altamente perecíveis, cada pescado tem um padrão de identidade e qualidade específicos, e obedecem a critérios sanitários diferentes, que devem ser observados pelo consumidor na hora da compra. “Os pescados fazem parte da composição de alimentos saudáveis, porém devemos ficar atentos a alguns cuidados para que sejam considerados seguros para consumo.”, comenta Lima.

Peixes

As escamas dos peixes devem estar bem firmes e resistentes, translúcidas e brilhantes. Sua pele deve apresentar um aspecto úmido e firme e seus olhos brilhantes e salientes, sem a presença de pontos brancos ao centro. O peixe também deve apresentar odor, sabor e cor próprios característicos da espécie.  

Outros aspectos que podem ser observados na hora da compra, devem ser se as brânquias, que devem apresentar uma cor rosada ou de um tom vermelho intenso, ou, se a membrana que reveste a guelra está rígida e apresenta resistência quando se tenta abri-la. A face interna da membrana também deve estar brilhante e os vasos sanguíneos, cheios e fixos. Já o abdômen do peixe deve apresentar elasticidade marcante e aderir fortemente aos ossos.

Moluscos

Os molusco (mariscos e ostras) devem ser expostos à venda ainda vivos, com as valvas (conchas) fechadas com retenção de água incolor e límpida. Sua carne deve ser úmida e bem aderente à concha, ter um aspecto esponjoso e apresentar uma cor acinzentada-clara nas ostras e amareladas nos mexilhões. O odor das moluscos deve ser agradável e pronunciado.

Polvos e Lulas

Devem ter a pele lisa e úmida e uma coloração ausente de qualquer pigmentação estranha à espécie. Os olhos devem apresentar aspectos vivos e salientes. A carne deve apresentar consistência e ser elástica e seu cheiro próprio levemente adocicado.

Crustáceos 

Já os crustáceos (lagostas, caranguejos e camarões), devem apresentar um aspecto brilhante e úmido. Seu corpo uma curvatura natural e rígida, com patas firmes e resistentes. Sua carapaça deve estar bem aderente ao corpo, e suas pernas inteiras e firmes. 

Eles também possuem uma coloração própria da espécie que devem ser observadas na hora da escolha (sem qualquer pigmentação estranha ou coloração diferente na carapaça). Seus olhos devem estar vivos e destacados e seu cheiro próprio deve ser suave.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.