BUSCAR
BUSCAR
Transporte
Rodoviários realizam manifestação em frente a Prefeitura de Natal
Sintro aguarda resposta da Prefeitura e empresários em relação ao cumprimento de garantias da data-base
Redação
01/06/2020 | 18:27

Os trabalhadores do setor rodoviário realizaram uma manifestação em frente a Prefeitura de Natal nesta segunda-feira (1º). O protesto foi motivado pela cobrança do cumprimento de garantias da data-base e a reintegração de trabalhadores que foram demitidos, segundo assessoria do Sindicato dos Trabalhadores e Transportadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN).

O Sintro/RN cobra uma resposta da prefeitura da capital potiguar e de empresários da área em relação ao cumprimento de garantias da data-base e a reintegração de trabalhadores demitidos, o que vem sido solicitado desde o mês de abril por uma ordem judicial da 10ª Vara do Trabalho de Natal.

Protestos

O Sintro tem exigido o cumprimento de garantias da data-base para a categoria e o fim das demissões de trabalhadores no setor. Os protestos da categoria começaram no dia 4 de maio, quando ônibus bloquearam as avenidas Rio Branco e Ulisses Caldas, nas proximidades da sede da Prefeitura.

No dia 7 de maio, estava marcada uma rodada de negociações com o prefeito de Natal, Álvaro Dias, o Sintro e as empresas de ônibus, mas o encontro acabou não acontecendo até o momento. A Prefeitura de Natal publicou uma nota sobre o assunto no dia 11 de maio. Confira nota completa:

Com relação à paralisação dos ônibus, a Prefeitura do Natal informa que se trata de uma discussão trabalhista entre empresas e trabalhadores. A Prefeitura esclarece, ainda, que está aberta ao diálogo como mediadora, mas repudia a decisão de paralisar a operação de transporte público na cidade e lembra que o transporte é um direito social de todos, previsto na Constituição Federal.

Garantir seu funcionamento é, portanto, uma garantia constitucional e um dever moral de seus operadores, principalmente neste momento em que pessoas ligadas aos serviços essenciais (profissionais de saúde, supermercados, farmácias) não podem parar.

Caso a negociação não chegue a um cenário positivo para todos que precisam do serviço, a STTU acionará um plano de contingência com o objetivo de minimizar o impacto para a população usuária do Sistema de Transporte Público de Passageiros de Natal.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]arn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.