BUSCAR
BUSCAR
Educação
Profissional explica como devem ser protocolos de biossegurança para retorno às aulas em Natal
Neste momento de possível retomada, o foco deve estar tanto na capacitação das equipes profissionais, quanto em tranquilizar as famílias.
Redação
20/07/2020 | 16:10

Com a perspectiva de volta às aulas em Natal dentro de um mês, caso a curva da Covid-19 continue apresentando queda, as escolas intensificam sua preparação e seus protocolos de retorno ao ensino presencial. Neste momento, o foco deve estar tanto na capacitação das equipes profissionais, quanto em tranquilizar as famílias.

Na Escola Lápis de Cor, por exemplo, o retorno se dará de forma gradual, começando com 25% dos estudantes, depois 50% e por último 100% das crianças. Além disso, as aulas e atendimento online serão mantidos para os pais que preferirem e a escola dará prioridade aos ambientes abertos, em áreas verdes, onde a circulação e renovação de ar são constantes.

A equipe da escola tem se preparado para o retorno desde o início do distanciamento social. “Temos pesquisado incansavelmente os protocolos adotados pelos países que já retornaram às aulas, as orientações da OMS, da Organização Pan-americana de Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria, além das orientações de infectologistas e vários profissionais da área da saúde”, explica a nutricionista Izabelle Oliveira, coordenadora responsável pelos protocolos de biossegurança.

As orientações embasadas em conhecimento científico, adequadas à realidade da escola, têm embasado a adoção dos protocolos. Além do treinamento da equipe e da aquisição de produtos sanitizantes e EPIs especiais, por exemplo, a escola precisa contar com um aliado muito importante: as famílias.

“As crianças precisarão de especial orientação sobre os procedimentos que devem ser feitos antes de ir para a escola, o novo comportamento sem beijos, abraços e apertos de mãos, o uso da máscara”, ressalta a nutricionista. “E os pais deverão estar muito atentos à organização da bolsa e realização de triagem diariamente antes de sair de casa”, completa.

Como fazer a triagem

Izabelle recomenda que, diariamente, antes de sair para a escola, as famílias verifiquem se há:

– Sensação de febre e temperatura acima de 37,5°C;
– Dores no corpo;
– Mal-estar;
– Pessoas doentes na família.

Em caso de dúvidas, os pais podem entrar em contato com o Disque Saúde (136) ou com o Centro de Vigilância Epidemiológica: 0800-285-9435. Se necessário, é importante cumprir o isolamento de 14 dias com atestado médico.

Como se organizar diariamente

– Tomar banho e vestir fardamento limpo todos os dias;
– Usar a máscara e levar outra(s) para substituição;
– Ter o seu álcool gel de uso individual em fácil acesso;
– Manter unhas bem aparadas e limpas;
– Levar garrafinha/squeeze com tampa devidamente identificada;
– Ao retornar para casa, retirar imediatamente a farda, tomar banho e fazer a higiene do calçado antes de ter contato com outras pessoas e objetos.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.