BUSCAR
BUSCAR
Solicitação
MP quer que policiais não sejam obrigados a prender quem participar de carreatas e passeatas no RN
MP solicitou também que o policial não sofra nenhuma consequência caso se recuse a efetuar a prisão
Redação
24/04/2020 | 08:03

O Ministério Público do Rio Grande do Norte solicitou ao Tribunal de Justiça do RN, através de um habeas corpus coletivo com pedido liminar para que os policiais militares e civis não sejam obrigados a prender qualquer pessoa que participe de carreata ou passeata. Além disto, o MP solicitou que o policial não sofra nenhuma consequência caso se recuse a efetuar a prisão.

O pedido é em direção contrária ao último decreto publicado pelo Governo do Estado, de número 29.583, em que passeatas, carreatas e reuniões estavam suspensas. A prisão seria realizada devido ao descumprimento de uma medida instaurada pelo governo.

Para o Ministério Público, a decisão da governadora Fátima Bezerra não segue a Constituição Federal. O documento foi assinado pelo promotor Wendell Beetoven e aguarda andamento no TJRN.

Clique AQUI e confira o pedido de habeas corpus.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.