BUSCAR
BUSCAR
Enfrentamento
Mais 100 mil máscaras chegarão a 29 municípios potiguares até este sábado (1º)
Cidades foram escolhidas de acordo com índices de contaminação
Redação
28/07/2020 | 15:48

A partir desta quarta-feira (29) a Controladoria Geral do Estado, a Defesa Civil do RN e a Cruz Vermelha distribuirão 100 mil máscaras para proteção contra o novo coronavírus em uma ação que se estenderá até o próximo sábado, 1º. As 29 cidades potiguares escolhidas para receber o material foram definidas durante reunião realizada nesta terça-feira, 28, com base em índices de contaminação.

A operação faz parte do programa RN+Protegido, que já doou 4,7 milhões de máscaras atingindo cerca de 70% da população potiguar. A ação terá início em Natal, Macaíba, São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu, Monte Alegre, Vera Cruz, Goianinha, Bom Jesus, Tibau do Sul, Ceará-Mirim, Arês e Baía Formosa.

Na quinta-feira, 30, será a vez das cidades de Apodi, Felipe Guerra, Santa Maria, São Paulo do Potengi, Riachuelo, Caiçara do Rio dos Ventos, Cachoeira do Sapo, Lages, Fernando Pedrosa, Angicos, Jardim de Piranhas e Serra Negra do Norte. Na sexta-feira, 31, as 12 equipes responsáveis pela distribuição estarão em Assu, Ipanguaçu e Itajá. A operação será finalizada no próximo sábado em Natal e Macau.

Apenas no último sábado, 25, o Governo do Estado distribuiu quase 15 mil máscaras de proteção facial à população da Zona Norte de Natal (Redinha e arredores), no bairro Guarapes e adjacências (Zona Oeste de Natal), no município de Canguaretama e praias vizinhas.

O RN+Protegido irá distribuir 7 milhões de unidades do item à população. Na primeira fase do programa foram distribuídas 3 milhões. Nesta segunda, 1,7 dos 2 milhões de máscaras já foram entregues à população em situação social mais vulnerável. Grande parte é entregue a entidades e prefeituras para distribuição em comunidades. Nas últimas semanas as ações do programa têm distribuído diretamente à população.

 RN+Protegido

O programa vai permitir 7 milhões de máscara para doação por meio de uma parceria do Governo do Estado com as indústrias de confecção do RN, em especial a Guararapes e Coteminas, além do Sindicato da Construção Civil no RN (Sinduscon). A ação é uma estratégia de enfrentamento dos impactos da calamidade pública decorrente do novo coronavírus no Rio Grande do Norte.

O Governo está investindo R$ 3 milhões na aquisição desses 7 milhões de máscaras, em 3 etapas: a 1ª (3 milhões de máscaras) por meio de empréstimo junto ao Banco Mundial (projeto do Governo Cidadão); a 2ª (2 milhões de máscaras de pano) e a 3ª (2 milhões de máscaras de TNT), por meio de recursos aportados do Governo Federal através de emenda parlamentar da Senadora Zenaide Maia (até R$ 2 milhões).

As empresas e entidades parceiras do RN+Protegido vão doar matérias-primas para a confecção de 7 milhões de máscaras. A Guararapes Confecções S/A, além de doar matéria-prima para o Programa, fará o processo de confecção cobrando do Governo do RN somente o custo da mão de obra, doando os demais gastos de fabricação e o lucro. Ou seja, os recursos aportados pelo Governo serão destinados apenas ao pagamento da mão de obra.

Assim, a parceria Governo do RN e empresas, além de proteger a população do RN do Covid-19, proporcionará emprego e renda a mais de 4 mil profissionais costureiras estabelecidas no Estado potiguar, em especial as integrantes do Programa Pró-Sertão.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.