BUSCAR
BUSCAR
Meio ambiente
Governo firma parceria com pescadores para monitorar áreas atingidas pelo óleo
Subsecretaria de Pesca e Aquicultura realizou uma reunião com pescadores dos municípios de Baía Formosa até Touros, áreas mais atingidas pelo óleo

22/10/2019 | 17:01

Nessa segunda-feira (21), a Subsecretaria de Pesca e Aquicultura, da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca – Sape, promoveu uma reunião com pescadores das colônias localizadas na região mais afetada com as manchas de óleo no litoral potiguar, que compreende os municípios de Baía Formosa até Touros. A ação, fruto do Gabinete de Gestão Integrada – GGI, instituído no último final de semana pelo Governo do RN, teve por objetivo estabelecer uma pareceria para que a população pesqueira auxilie no monitoramento da incidência desse material tóxico.

“Vale ressaltar que até o presente momento o Governo Federal que é o ente responsável pela defesa, proteção e gerenciamento do mar, não apresentou ainda as informações necessárias, como a origem do óleo, nem tão pouco está trabalhando na contenção dos resíduos que estão chegando às praias. Não é responsabilidade dos estados, nem dos seus respectivos municípios afetados, a reparação desses danos, no entanto a orientação da governadora professora Fátima Bezerra, é ter uma postura proativa diante desse desastre ambiental”, ressalta o subsecretário de Pesca e Aquicultura da Sape, David Souza.

Na parceria firmada os pescadores serão agentes importantes para informar aos órgãos competentes, inclusive à Sape, as coordenadas da visualização das manchas, data e hora, a partir daí o Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN – Idiarn, irá no local para colher amostras do pescado e da água afetados, e em laboratórios providenciará as análises necessárias para mensurar o impacto sobre o ecossistema. O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN –Idema, irá trabalhar juntamente com a Sape no monitoramento dessas áreas.

A reunião de articulação contou com a participação de toda a equipe da Subsecretaria de Pesca e Aquicultura da Sape, além de representantes das colônias de pescadores das áreas atingidas, Idema, Idiarn, Defesa Civil e gestores municipais. Representantes do Projeto Cetáceos Costa Branca – PCCB, da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN, também estiveram presentes no encontro e irão participar da ação recolhendo animais como peixes e tartarugas encontrados nas áreas comprometidas, vivos ou mortos, para cuidados e estudos.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.