BUSCAR
BUSCAR
Estratégia
Governo do RN aprova plano de reabertura gradual da economia
Objetivo é reabertura gradual, progressiva e segura das atividades econômicas no Estado, com escalonamento da flexibilização do isolamento social e também para o período pós-isolamento
Redação
05/05/2020 | 20:12

O Plano de Retomada Gradual da Economia Potiguar, apresentado na tarde desta terça-feira (5) pela Federação das Indústrias do RN (Fiern) ao Executivo Estadual, foi analisado com otimismo pela área econômica do governo. O estudo propõe um planejamento estratégico para a reabertura gradual, progressiva e segura das atividades econômicas no Estado, com escalonamento da flexibilização do isolamento social e também para o período pós-isolamento.

“O Plano é muito bom. De forma responsável, veio sem data para iniciar, mas com estratégia bem clara de abertura gradual e dando tempo para se avaliar os impactos dessa abertura nos números da pandemia”, avalia o titular da pasta de Planejamento e Finanças do Governo, Aldemir Freire. Ele ressaltou ainda que, dada a aprovação do comitê científico ao Plano apresentado, essa reabertura gradual seja o melhor caminho a ser adotado.

O secretário frisou ainda que o Governo e a Fiern têm mantido uma parceria frutífera no incentivo e no incremento da economia potiguar deste o início desta gestão. “Não seria diferente em um momento crucial como este”, concluiu.

De acordo com a Fiern, o Plano foi elaborado por um grupo multidisciplinar com participação de representantes do próprio Governo do Estado, do Mais RN, de outras federações, além do Sebrae, da AGN e de professores da UFRN.

O presidente da Fiern, Amaro Sales, destacou que as mais de 20 pessoas envolvidas debateram várias possibilidades, campos e direções.

“Precisamos planejar essa recuperação de forma responsável para quando o retorno for possível, minimizando os efeitos da crise instalada”, disse.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.