BUSCAR
BUSCAR
Reajuste
Estudantes protestam contra aumento da passagem de ônibus em Natal
Manifestação acontece na Cidade Alta nesta sexta-feira (28). Passagem passará de R$ 4 para R$ 4,25 quando o pagamento for feito em dinheiro
Redação
28/02/2020 | 15:22

Cerca de 100 estudantes protestam na tarde desta sexta-feira (28) contra o aumento da passagem de ônibus em Natal. o reajuste foi publicado no Diário Oficial do Município e já entra em vigor neste domingo, dia 1º de março. A manifestação acontece na Praça Sete de Setembro, na Cidade Alta.

A passagem passa de R$ 4 para R$ 4,25 quando o pagamento for feito em dinheiro. No caso do pagamento em cartão eletrônico, a tarifa passa de R$ 3,90 para R$ 4,15. Para os estudantes, a tarifa sobe de R$ 2 para R$ 2,10, quando o pagamento é em espécie, e de R$ 1,95 para R$ 2,075 no caso da carteira estudantil.

Vitor Hugo, um dos coordenadores do Diretório Central dos Estudantes (DCE), considera que o novo reajuste é uma jogada política. “Nosso objetivo é que todos que pegam ônibus debatam esse aumento, que é abusivo. Não podemos continuar fazendo as vontades das empresas de transporte. Os ônibus nem atendem a todos os usuários da cidade”, disse.

“Fomos pegos de surpresa. Essa pauta não estava para ser debatida e do nada, surge um aumento. Não aceitamos esse preço, não tem condições de ir para as universidades com esse valor de passagem. É a passagem mais cara do Nordeste e o ônibus não tem uma boa qualidade, demora a passar…”, afirmou Jaciele Valentim, diretora da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Esclarecimentos

A secretária Elequicina dos Santos, titular da pasta de Mobilidade Urbana (STTU), foi convocada para dar explicações na tarde da próxima quarta-feira (4) acerca do reajuste da passagem de ônibus para R$ 4,25 na capital potiguar.

O vereador Maurício Gurgel (PSOL) informou que a proposta não estava prevista na pauta da reunião do Conselho de Transportes. “É papel do gestor público dar explicações à população e aos seus representantes. Trata-se de um reajuste acima da inflação, no dia seguinte ao carnaval e sem debate com a Câmara Municipal e a sociedade civil. Sequer completamos 12 meses do último aumento. Então, a secretária terá que explicar os motivos dessa medida aos natalenses que estão indignados”.

decreto 1
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.