BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Editorial: Bom, mas nem tanto
Devemos comemorar? Sim e não, já que o volume de compras no exterior está 5% menor
Redação
06/12/2019 | 03:00

A desvalorização do Real, que anda aborrecendo o presidente norte-americano, Donald Trump, o amigo do peito do presidente Jair Bolsonaro, está na base da alegria de nossos exportadores pela razão óbvia de seus lucros estarem crescendo e a arrecadação sobre eles também.

Por isso mesmo, o Rio Grande do Norte vai fechar este ano com o maior volume de exportações da última década com vendas que ultrapassam os 349 milhões de dólares, 35% maiores do que em 2009, quando o ano encerrou com 256 milhões de dólares em vendas ao exterior.

Como quase sempre acontece, o número deste ano é puxado pela fruticultura, na qual a venda de melão para o exterior representa 27% da pauta de exportações potiguar. Até novembro, o valor comercializado superou os US$ 93 milhões.

Devemos comemorar? Sim e não, já que o volume de compras no exterior está 5% menor que no mesmo período do ano passado na casa dos US$ 157 milhões.

Em outras palavras, toda vez que os exportadores exultam de alegria, quem precisa comprar em dólar chora lágrimas de sangue na medida em que seus insumos são pagos em moeda supervalorizada, o que é péssimo para a indústria.

Essa situação também deve atingir o agronegócio mais adiante, caso o dólar de instale no patamar atual por um período mais longo do que o habitual. É preciso lembrar que o campo, num nível mais sofisticados, também absorve insumos do exterior, embora menos do que a indústria.

Seja como for, graças em grande parte ao câmbio, dados do Ministério da Economia mostram que as exportações potiguares deste ano terão números semelhantes aos registrados entre o período de 2004 até 2008, a “era de ouro” da nossa pauta de exportação.
Bom para a autoestima abalada, mas certamente nenhum motivo para uma grande comemoração.

Bom para a autoestima abalada, mas certamente nenhum motivo para uma grande comemoração.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.