BUSCAR
BUSCAR
Físico e mental
Dia Mundial do Autocuidado incentiva adoção de hábitos saudáveis
Data é celebrada nesta sexta-feira (24)
Redação
24/07/2020 | 17:28

Desenvolver atitude ativa e responsável em relação à própria qualidade de vida e bem-estar. Essa é a definição para autocuidado. A importância de observar os cuidados com a saúde do corpo levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a marcar o dia 24 de julho, como o Dia Mundial do Autocuidado. A data incentiva a adoção de hábitos saudáveis, como atividade física, alimentação e higienização.
 
A psicóloga Rafaella Fernandes, fala da relevância do movimento pelo autocuidado. “A intenção da OMS é de lembrar as pessoas que é importante cuidar da saúde 24h por dia e sete dias por semana. Somos incentivados a refletir sobre como estamos cuidando de nós e da nossa saúde física e mental. Precisamos entender que somos um só e, assim, devemos nos cuidar como um todo”.
 
O ponto de início para o processo de autocuidado é o autoconhecimento, revela a psicóloga. “Como anda seus dias? Como tem se sentindo? Como está o cansaço? Existe algo que talvez não esteja dando conta sozinho? Alguns comportamentos que não estão te ajudando? Essa percepção vai te ajudar a entender o que você precisa fazer para melhorar sua rotina”, orienta.
 
“O autocuidado pode ser buscar uma terapia ou um exercício físico. Algo que ajuda nossa saúde física e mental, como dá um tempo das redes sociais, parar de seguir perfis que te fazem sentir mal consigo mesmo, assistir um filme, escutar música, compartilhe seus medos e dificuldades com alguém de confiança, ler um livro, saber dizer não, fazer uma massagem e meditação”, explica Rafaella Fernandes.
 
Algo que conseguimos perceber facilmente é que, para executarmos qualquer ponto de nossa rotina, é preciso estarmos bem. No contexto de pandemia do Coronavírus, por exemplo, permanecer bem foi desafiador para muitos. A psicóloga Rafaella dá dicas de como iniciar o autocuidado. “Descubra as atividades que te ajudam, faça sua lista da felicidade e diariamente coloca em prática uma dessas atividades. Essa quarentena nos mostrou ainda mais a importância desse momento, então, vamos refletir sobre como anda esse ponto tão importante que é cuidar de nós mesmo”.
 
Fazer uma autodrenagem pode ser um bom início. A dica de Vanessa Cabral, esteticista da Clínica Emagrecer, é para ser feita em casa após um dia cansativo de trabalho. A orientação serve principalmente para quem trabalha com salto alto, que no final do dia reclama de pernas doloridas e inchaços.
 
“Primeiro deite-se de barriga para cima, coloque as pernas para cima em dois travesseiros. Faça movimentação da coxa em sentido à região inguinal, depois comece os movimentos do joelho seguindo a mesma direção e, por fim, faça o procedimento a partir da panturrilha. Faça os exercícios por 10 minutos em cada perna. Sempre com movimentos ascendentes. Isso é resulta em um retorno linfático depois de um dia de trabalho com salto alto, pernas doloridas e inchadas. Para ajudar no processo, é interessante permanecer na posição por uns 30 minutos”, indica Vanessa.

Psicóloga Rafaella Fernandes. Foto: Reprodução
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.