BUSCAR
BUSCAR
Precaução
Corregedoria da Secretaria de Segurança quer evitar preços abusivos em materiais de proteção contra o coronavírus
Corregedoria oficiou a Delegacia de Defesa do Consumidor, devido aos relatos de preços abusivos em máscaras, álcool em gel e luvas
Redação
19/03/2020 | 12:16

A Corregedoria Geral da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte irá oficiar, nesta quinta-feira (19), a Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), para saber das medidas de preventivas e repreensivas que a Decon tem tomado, com relação aos casos de preços abusivos de máscaras, luvas e álcool em gel, durante a pandemia do coronavírus.

De acordo com o corregedor Bruno Saldanha, o órgão obteve as informações através de reclamações da população e notícias divulgadas pela imprensa potiguar. Saldanha não descarta a possibilidade do número reduzido de produtos disponíveis no mercado estarem sendo estocados, para que os comerciantes possam tirar proveito da grande procura.

“Recebemos informações relatadas por populares e noticiadas pela imprensa. Iremos averiguar se a escassez dos produtos é realmente pela procura ou se está havendo estocagem”, contou.

Diante do surto de coronavírus, o preço dos produtos de proteção básica obteve um crescimento considerável relatado por boa parte das pessoas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.