BUSCAR
BUSCAR
Folia
Carnaval 2020: saiba como proteger a audição na folia
No Carnaval, a intensidade de som pode atingir 120 decibéis, que é potência próxima ao som da turbina de um avião
Redação
18/02/2020 | 02:30

Alto volume dos blocos e trios elétricos, com instrumentos eletrônicos, de percussão, gritos e a energia das bandas de frevo podem causar graves prejuízos à saúde auditiva dos foliões. Por isso, o Agora RN preparou algumas dicas para quem quer cair na folia sem prejudicar a saúde.

Cuidado com a exposição

Os efeitos de tamanha exposição ao barulho podem ser devastadores a longo prazo, de acordo com médicos e fonoaudiólogos. Tudo começa com uma sensação de abafamento nas orelhas ou zumbido, que pode durar horas, mesmo estando o folião já em casa. O pior é quando esses sintomas se prolongam por dias ou não desaparecerem. Aí pode ser sinal de algo mais grave. A permanência próxima ao barulho por grandes períodos pode lesar as células ciliadas que ficam dentro da orelha. A sensação de “ouvido tampado” ou zumbido normalmente desaparece até as 12 horas seguintes à exposição ao barulho.

Cuidados com as crianças

Qualquer pessoa que permanecer próxima a sons muito altos está sujeita a sofrer danos auditivos. No caso das crianças, os cuidados devem ser redobrados. O barulho gera irritação, choro e elas podem sentir um forte zumbido na orelha sem que os pais nem ao menos percebam.

Intensidade

De acordo com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial, no carnaval a intensidade de som pode atingir 120 decibéis, seja na folia das ruas, junto aos trios elétricos ou nos bailes dos clubes. Para se ter uma ideia, essa potência é próxima ao som da turbina de um avião. Os integrantes da bateria de uma escola de samba, por exemplo, estão expostos a ruídos de até 110 decibéis.

Perda auditiva

A Perda Auditiva Induzida por Níveis de Pressão Sonora Elevados (painpse) é resultado da exposição prolongada a ruídos no decorrer da vida. Os danos à audição podem demorar a aparecer, mas vão se acumulando no decorrer dos anos. A recomendação é de uma distância mínima de 20 metros do equipamento de som, além do uso de protetores auriculares, que diminuem o impacto do barulho nas orelhas.

Uso de protetores

E para quem acha que é “careta” usar protetores auriculares, saiba que ele é um acessório fundamental para a saúde auditiva. Além disso, hoje os acessórios estão mais moderninhos. Feitos em silicone, são moldados de acordo com a anatomia da orelha de cada usuário e ainda podem ser coloridos, para combinar com a fantasia de carnaval.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.