BUSCAR
BUSCAR
Parnamirim
Câmara vai pagar abono especial de R$ 200 a servidores neste fim de ano
Abono valerá apenas para este ano e deverá ser pago em folha suplementar até o dia 31 de dezembro. Só funcionários de postos efetivos serão beneficiados com a medida
Redação
13/12/2019 | 17:23

O prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, sancionou a lei aprovada pela Câmara Municipal que cria um abono especial para os servidores públicos da própria casa legislativa, em razão dos festejos natalinos. A norma foi publicada na edição desta sexta-feira, 13, do Diário Oficial do Município.

Segundo a lei, o abono especial – no valor de R$ 200, independentemente do cargo – valerá apenas para este ano e deverá ser pago em folha suplementar até o dia 31 de dezembro. Pela assessoria de imprensa, a Câmara informou que pretende pagar o benefício na próxima sexta-feira, 20. Só os funcionários de postos efetivos serão beneficiados com a medida.

AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO
O abono especial em razão dos festejos natalinos não tem relação com o auxílio-alimentação que a Prefeitura de Parnamirim espera implementar a partir de 2020. A criação do benefício já foi aprovada pela Câmara Municipal e aguarda sanção de Taveira.

O auxílio-alimentação será válido para todos os servidores efetivos, comissionados e contratados que têm jornada de trabalho de mais de seis horas por dia e que recebem até dois salários mínimos. O benefício será no valor de R$ 200 independente da remuneração.

No caso dos servidores que recebem um salário mínimo, o auxílio-alimentação representará um aumento de 20% na remuneração. Para os que ganham dois salários, o reajuste equivalerá a 10%.

*Atualizada às 17h14 para correção de informações.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.