BUSCAR
BUSCAR
Imunidade
Avanço do coronavírus aumenta a procura por vitamina C nas farmácias de Natal
Uso excessivo da vitamina “é desperdício de dinheiro e de insumo”, diz médico infectologista
Ana Lourdes Bal
27/03/2020 | 15:49

O avanço da pandemia do coronavírus aumentou a procura por vitamina C nas farmácias de Natal. Foram consultadas 25 farmácias de diferentes zonas da capital potiguar. Cinco delas ainda tinham o ácido ascórbico (nome técnico) e uma estava com o estoque no final.  Em conversa com uma atendente, ela informou que o estoque havia chegado na última quarta-feira (25) e nesta sexta (27), já havia acabado.

O médico infectologista Alexandre Motta diz que a vitamina C é importante para fortalecer a imunidade, mas explica que o uso agudo dela não terá efeito benéfico sobre a imunidade, já que ele só ocorre com, pelo menos, 30 dias de uso. “O uso excessivo dela não tem maiores problemas, porque o organismo utiliza apenas 500 mg/dia e elimina o restante. Então, o  uso excessivo dela é desperdício de dinheiro e de insumo”, explica ele.

Uma outra alternativa, caso o consumidor não encontre o ácido abscórbico, é consumir frutas que contenham vitamina C. O médico diz que o consumo destas supre a falta desses comprimidos e é mais que suficiente. Algumas opções recomendadas pelo médico são laranja, caju, acerola, goiaba e abacaxi.

Bairros e disponibilidade de vitamina C

Zona Norte

Igapó – Tem

Potengi – Não tem

Lagoa Azul – Tem

Zona Oeste

Quintas – Tem

Nossa Sra Nazaré – Tem

Planalto – Não tem

Zona Leste

Lagoa Seca – Estoque acabando

Alecrim – Não tem

Petrópolis – Não tem

Tirol – Não tem

Cidade Alta – Não tem

Zona Sul

Lagoa Nova – Não tem

Ponta Negra – Tem

Neópolis – Não tem

Capim Macio – Não tem

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.