BUSCAR
BUSCAR
Saiba mais
Alerta: abóbora pode provocar intoxicações alimentares severas
Horas após ter ingerido sopa feita com o vegetal, uma das mulheres desenvolveu sintomas tipicamente atribuídos à ocorrência de uma intoxicação alimentar
Redação
03/04/2018 | 18:00

A abóbora é um vegetal bastante apreciado. Porém, duas mulheres francesas, que não se conheciam, compraram o alimento em lojas diferentes e se queixaram do seu sabor “amargo”. Posteriormente, as duas tiveram reações extremas, incluindo perda de cabelo.

Horas após ter ingerido sopa feita com o vegetal, uma das mulheres desenvolveu sintomas tipicamente atribuídos à ocorrência de uma intoxicação alimentar, incluindo vômitos, diarreia e náuseas. Além dela, membros da sua família tiveram reações similares.

Horas após ter ingerido sopa feita com o vegetal, uma das mulheres desenvolveu sintomas tipicamente atribuídos à ocorrência de uma intoxicação alimentar, incluindo vômitos, diarréia e náuseas. Além dela, membros da sua família tiveram reações similares.

O estado de saúde dela ainda teria piorado após a primeira semana e ela passou por um período de perda substancial de cabelo, de acordo com um relatório publicado no JAMA Dermatology.

No segundo caso, a outra mulher também teria sido afligida por vômitos. E, três semanas após comer a sopa, teria perdido uma quantidade significativa de cabelo, incluindo a queda de pelos nas axilas e na zona púbica.

As duas mulheres teriam desenvolvido uma condição conhecida por ‘envenenamento cucúrbita’ ou ‘síndrome tóxico de abóbora’.

A abóbora é um membro da família das cucurbitáceas, que também inclui alimentos como o melão ou o pepino. E podem produzir uns químicos, conhecidos por cucurbitinos, que se caracterizam por um sabor amargo intenso e têm um efeito tóxico nas células humanas.

Regra geral, as plantas são geneticamente modificadas de forma a produzirem valores mínimos destes químicos, mas ocasionalmente alguns destes alimentos podem conter níveis tóxicos prejudiciais para quem os ingere.

Embora os casos de cucúrbita sejam raros, a sua ocorrência está presente na literatura médica.

Um artigo recentemente publicado no periódico científico Clinical Toxicology aponta que tenham ocorrido cerca de 350 casos de intoxicação alimentar provocada pela ingestão de abóbora, entre 2012 e 2016. E em 26% dos episódios o vegetal teria sido cultivado em casa.

Já sabe – se provar abóbora e a achar azeda ou com sabor que foge do normal pare de comer o alimento e fique atento aos possíveis sintomas.

 

 

Fonte: Notícias ao Minuto

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.