Repúdio
Palmeira critica arbitragem e avisa: “Essa é a última vez que um apito dita um resultado”
Segundo postagem, resultado, que foi 1 a 0 para o alvinegro, teve interferência da arbitragem na não marcação de pelo menos quatro pênaltis, e no tempo de acréscimo
Por Redação - Publicado em 14/01/2020 às 04:40
Luciano Marcos/ABC
Palmeira publicou em suas redes sociais uma nota de repúdio à arbitragem da partida contra o ABC
Publicidade
O Palmeira publicou em suas redes sociais uma nota de repúdio à arbitragem da partida contra o ABC, neste domingo, 12, no estádio Nazarenão, em Goianinha, válida pela terceira rodada do Campeonato Potiguar. Segundo a postagem, o resultado, que foi 1 a 0 para o alvinegro, teve interferência da arbitragem na não marcação de pelo menos quatro pênaltis, e no tempo de acréscimo.

“No mínimo 4 pênaltis não marcados, em um jogo que ficou claro a superioridade do Palmeira em campo, sem falar que o gol do ABC foi marcado aos 6 minutos de acréscimos, lembrando que o abençoado juiz apenas deu 4 minutos extras. Essa é a última vez que um apito dita um resultado contra o Palmeira”, reclamou o clube.

O árbitro do jogo foi Leandro Sales Barchz, que teve seu carro apedrejado após a partida. O veículo do juiz estava estacionado em um lugar específico para comissões técnicas dos clubes e arbitragem. Devido a isto, Leandro acredita que o ato de vandalismo pode não ter sido responsabilidade de torcedores.

Além da nota, o alviverde potiguar postou imagens do juiz e textos com tons irônicos, como forma de crítica. “Atenção torcida!!! Olha ele aí, o garoto que não joga, mas tem a bola”, ironizou.

Esta não é a primeira vez que o Palmeira reclama da arbitragem do Campeonato Potiguar. Na partida de estreia, o clube já tinha criticado, também nas redes sociais, o juiz do jogo que acabou empatado em 1 a 1, contra o Assu.

Na próxima rodada, o Palmeira irá enfrentar o Força e Luz, na quinta-feira, 16, às 15h, na Arena América, em Parnamirim.

Publicidade
Publicidade